Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Delegado do DHPP é baleado e morre em São Paulo

Euclides Batista de Souza foi vítima de uma suposta tentativa de assalto

O delegado Euclides Batista de Souza, integrante do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de São Paulo, morreu no começo da noite desta quarta-feira após uma suposta tentativa de assalto. Aparentemente, no entanto, nada foi roubado.

Euclides de Souza foi abordado por criminosos quando estacionava o carro por volta das 23h30 na garagem de casa, na Vila Taquari, região de Itaquera, zona leste da capital paulista. O delegado levou dois tiros, um nas costas e outro na cabeça, foi levado com vida ao pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, também em Itaquera, mas não resistiu.

Segundo policiais, testemunhas afirmaram que o veículo dos bandidos entrou na rua do delegado pela contramão. Ainda de acordo com o relato de testemunhas, o delegado teria atingido um dos assaltantes com um disparo. Os criminosos fugiram e ninguém foi detido até o momento.

Uma das esperanças da polícia é identificar os bandidos por meio de uma câmera de vigilângia instalada próxima ao local do crime. O caso será investigado diretamente pelo DHPP.