De volta ao Brasil, Joesley diz que sua família foi ameaçada

Dono da JBS diz que se ausentou do país para proteger a "integridade" de sua família. Ele informou que estava na China e não nos Estados Unidos

O empresário Joesley Batista está no Brasil desde o último domingo. É o que informa nota divulgada pela assessoria de imprensa do grupo J&F, que controla a empresa JBS. Conforme o texto, Joesley saiu do país para proteger a integridade de sua família, “que sofreu reiteradas ameaças” desde que ele decidiu fechar acordo de delação premiada com a Operação Lava Jato.

O executivo ainda informou que estava na China e não nos Estados Unidos, “passeando na Quinta Avenida, em Nova York, ao contrário do que chegou a ser noticiado e caluniosamente dito até pelo presidente da República”, segundo a nota. A declaração é uma clara alfinetada em Michel Temer, que passou a ser alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa após as revelações de Joesley. O executivo gravou o presidente em uma reunião na calada da noite no Palácio do Jaburu, em março deste ano. Na ocasião, os dois tratam de assuntos embaraçosos, como um suposto apoio financeiro ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e a tentativa de interferência em investigações policiais. A Procuradoria-Geral da República (PGR) viu indícios suficientes para pedir investigação contra o presidente, que declarou não ter cometido nenhuma irregularidade.

A delação de sete executivos do grupo J&F, que também incluem o irmão de Joesley, Wesley Batista, caiu como uma bomba em Brasília, abrindo a maior crise enfrentada por Temer desde a sua ascensão e suscitando o debate sobre a manutenção dele no cargo máximo do Executivo. Em diversas manifestações públicas, o peemedebista precisou vir a público para dizer que não renunciaria ao posto.

Desde que passou a ser investigado formalmente por causa de Joesley, Temer deflagrou uma ofensiva contra o empresário e a PGR, que firmou o acordo de colaboração com o executivo. Em pronunciamento do dia 20 de maio, o presidente declarou que Joesley deu um falso testemunho à Justiça e é um “conhecido falastrão”. Também afirmou que ele estava “livre e solto, passeando pelas ruas de Nova York”.

O acordo de delação premiada, homologado pelo ministro do STF Edson Fachin, prevê imunidade completa aos irmãos Batista. Ou seja, eles não passarão um dia sequer na cadeia, não precisarão usar tornozeleira eletrônica, nem cumprirão pena em regime aberto pela série de crimes confessados, que abrange supostos esquemas envolvendo além do atual presidente, os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), ministros e parlamentares.

Nesta segunda-feira, Joesley teria participado de reuniões em Brasília. Nesta terça, ele esteve em São Paulo.

“Joesley é cidadão brasileiro, mora no Brasil, paga impostos no Brasil e cria seus filhos no Brasil. Está pessoalmente à disposição do Ministério Público e da Justiça brasileiros para colaborar de forma irrestrita no combate à corrupção”, diz o texto.

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. cadeia pra esse cidadão, deveria ter pensado nisso antes da roubalheira

    Curtir

  2. chefe

    Curtir

  3. A delação premiada expós o que todo mundo já sabia : que no Brasil não existe capitalismo mas sim uma grande quadrilha formada de empresários, políticos e funcionários públicos corruptos. É por isso que o Brasil não consegue sair do subdesenvolvimento econômico e mental. Somente um processo de extrema violência poderá acabar com esse sistema corrupto pois fica óbvio que ele não acabará pelas mãos dos membros da quadrilha. A extrema violência poderia acontecer de 2 formas : via instituições judiciária colocando pelo menos todos os leaders corruptos na cadeia ou então pela população brasileira matando 1 por 1 os corruptos como foi na mudança de regime logo após a Revolução francesa em 1789 quando houve uma matança generalizada dos membros da nobreza que foram sistematicamente guilhotinados; o segundo método foi doloroso mas muito eficaz pois num período de uma década a nobresa foi extinta.

    Curtir

  4. persianasflaci.blogspot.com

    Fala serio, esse cara deveria estar na prisao isso sim ,

    Curtir

  5. Rei no pais dos corruptos

    Curtir

  6. Cimone Amluc

    Tudo que acontecer inclusive nada, vai ser bom para Joesley

    Curtir

  7. Se ele está no Brasil, espera-se que alguma autoridade tome providências legais para que ele não saia mais, até responder por seus crimes. Essa história de “ameaça à família” é balela, mentira, para justificar sua fuga para os EUA.

    Curtir

  8. Cimone Amluc

    Joesley chegou aonde tudo será bom, êle lucrara com qualquer situação

    Curtir