Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ato contra impeachment termina em quebra-quebra na Paulista

PM dispersou manifestantes com bombas alegando que roteiro do protesto não foi divulgado

Manifestantes fecharam na tarde desta segunda-feira duas pistas da Avenida Paulista em ato contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. A manifestação começou pacífica e caminhava em direção ao Masp quando se deparou com um bloqueio policial. Alegando que o grupo não havia divulgado o itinerário do protesto, a PM dispersou o ato com uso de bombas de efeito moral. Teve início, então, o quebra-quebra: manifestantes atearam fogo a objetos no meio da via, impedindo o fluxo.

O protesto foi convocado por movimentos de esquerda ligados ao PT e ganhou o reforço de membros da CUT. Há manifestações também na Candelária, no Rio de Janeiro, e em Brasília.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Se Dilma Rouseff sofrer o covarde impedimento, será a MORTE da democracia em nosso país, .outra coisa assisti todo debate ontem e está provado que ,Dilma NÃO cometeu crime…sendo assim ela FICA….

    Curtir

  2. Fabio de Camargo

    Meu filho disse uma coisa simples, mas interessante: “-Pai, por quê eles fazem protesto vestindo vermelho se na bandeira do Brasil não tem essa cor?” Dá para se pensar.

    Curtir