Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Assista aos depoimentos dos marqueteiros de Dilma e Lula

Relatos de João Santana e Mônica Moura gravados em vídeo renderam mais de 800 páginas de delação sobre irregularidades em campanhas no Brasil e no exterior

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou nesta sexta-feira os vídeos das delações premiadas do casal João Santana e Mônica Moura (confira a sequência abaixo). O acordo firmado com a Procuradoria-Geral da República — e já homologado pelo ministro Edson Fachin — rendeu um calhamaço de mais de 800 páginas de relatos sobre repasses por fora em campanhas no Brasil ao Executivo e ao Legislativo, incluindo a da reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2006) e as duas de Dilma Rousseff (2010 e 2014), entre outras de políticos petistas.

Os depoimentos também tratam de irregularidades eleitorais em outros países, como Venezuela, Angola, El Salvador, Panamá e República Dominicana, dos repasses da Odebrecht para contas no exterior e do vazamento de dentro do Planalto de informações sigilosas sobre o andamento da Operação Lava Jato.