Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Amigo de Temer e união de pecuaristas nas manchetes do dia

PF encontra cópia de e-mail na casa de João Baptista Lima Filho, amigo de Temer, com sinais de que ele pagou reforma em imóvel de filha do presidente

O coronel João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer, e a união de pecuaristas do Mato Grosso para reativar frigoríficos estão nas manchetes de jornais nesta quinta-feira. A Folha de S.Paulo destaca que a Polícia Federal encontrou a cópia de um e-mail na casa de Baptista com indícios de que ele cuidou de reforma em um imóvel de Maristela, filha do presidente. No Estado de S.Paulo, reportagem principal trata da articulação de um grupo de pecuaristas para reativar até 15 frigoríficos mato-grossenses, boa parte desativados por causa do movimento de concentração do setor.

Folha de S.Paulo
Amigo foi cobrado por reforma feita para filha de Temer
A Polícia Federal encontrou uma cópia de e-mail na casa do coronel João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer, com sinais de que ele cuidou de pagamentos da reforma de um imóvel de Maristela, uma das filhas do presidente. O documento de 2014, enviado por um arquiteto, cobra de Lima o valor de R$ 44.394,42 pela obra. O coronel aposentado da PM, aliado do presidente há mais de 30 anos, é investigado pelo STF sob suspeita de atuar como laranja dele.

O Estado de S.Paulo
Com JBS em crise, pecuaristas se unem para reativar frigoríficos
Um grupo de pecuaristas de Mato Grosso está se articulando para criar uma cooperativa e reativar até 15 frigoríficos do Estado, maior produtor de gado do país. As conversas ganharam força após as delações dos irmãos Batista, controladores do JBS. Fazem parte desse grupo os irmãos Fernando e Eraí Maggi, primos do ministro Blairo Maggi (Agricultura). Mato Grosso tem 22 frigoríficos desativados, boa parte por causa do movimento de concentração do setor.

O Globo
Procuradores veem risco de governo cercear investigações
A Medida Provisória (MP) que ampliou os poderes do Banco Central para fiscalizar o sistema financeiro e criou a possibilidade de acordo de leniência entre bancos e o BC está sendo vista por procuradores como uma tentativa de cercear as investigações. O texto da MP prevê que, em casos de risco generalizado para o sistema financeiro, a apuração seja sigilosa. Os procuradores temem que isso impeça o Ministério Público de investigar crimes identificados pelo BC, e se articulam para entrar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) no STF contra a medida.

Valor Econômico
Arrecadação de impostos cai mais e dificulta ajuste
Uma nova frustração da receita de tributos federais foi registrada em maio. Houve uma queda real, na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com dados preliminares do Siafi, o sistema eletrônico que registra todas as despesas e receitas da União.

Estado de Minas
Reforma da PBH é aprovada
A reforma administrativa encaminhada pelo prefeito Alexandre Kalil (PHS) foi aprovada na Câmara, com algumas modificações. O texto prevê corte de 37% dos cargos comissionados e redução da estrutura administrativa de 31 órgãos com status de secretaria para 18. O maior embate ocorreu em torno da criação do Conselho LGBT, que foi rejeitada por 31 votos a oito. Também foram retiradas todas as emendas com menção à palavra “gênero”.