13 de março: Alckmin e Aécio são hostilizados na Paulista

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador Aécio Neves, ambos do PSDB, foram hostilizados neste domingo ao chegar à manifestação contra o governo Dilma Rousseff na Avenida Paulista. Algumas pessoas gritaram “oportunista”, enquanto eles passavam em meio à multidão. A dupla tucana chegou ao protesto de van, saída do Palácio dos Bandeirantes. Dada a reação dos manifestantes, os dois permaneceram na ala vip do MBL, segundo o site do jornal Folha de S.Paulo por apenas 30 minutos. (João Pedroso de Campos, de São Paulo)