Por Onde Anda o Elenco de Laredo?

A série de faroeste foi produzida pela Universal entre 1965 e 1967, exibida pela rede NBC. No Brasil, passou pelo canal da Record. “Laredo” surgiu do episódio “We’ve Lost a Train”, de “O Homem de Virgínia”, produzido com a intenção de ser o piloto da nova série, introduzindo os personagens e a situação para o […]

Neville Brand (E), William Smith, Phillip Carey e Peter Brown em “Laredo” (Foto NBC/Arquivo)

A série de faroeste foi produzida pela Universal entre 1965 e 1967, exibida pela rede NBC. No Brasil, passou pelo canal da Record. “Laredo” surgiu do episódio “We’ve Lost a Train”, de “O Homem de Virgínia”, produzido com a intenção de ser o piloto da nova série, introduzindo os personagens e a situação para o público. Com roteiro assinado por Borden Chase, o episódio de 90 minutos de duração foi lançado em 1969 nos cinemas, com o título de “Bactrack!”. A série também teve três episódios compilados e transformados em filme, lançado com o título “Three Guns for Texas”, em 1968.

Em uma época na qual os faroestes ainda faziam parte da programação televisiva, tal qual as séries policiais ou médicas, “Laredo” trouxe uma abordagem essencialmente cômica. A história acompanhava a rotina de três patrulheiros do oeste, conhecidos como Texas Rangers, que trabalhavam na cidade de Laredo, Texas, sob as ordens do Capitão Parmalee (Phillip Carey).

A Companhia B era formada por Reese Bennet (Neville Brand), Chad Cooper (Peter Brown) e Joe Riley (William Smith), que passavam mais tempo arranjando encrenca que correndo atrás de bandidos. Disputando mulheres, jogando, bebendo ou provocando brigas, os patrulheiros passavam por situações que, invariavelmente, os levavam a ser repreendidos. Reese, o mais velho do grupo e mais experiente, era normalmente utilizado pelos outros dois como o ‘bobo da corte’. Na segunda temporada, o grupo acolheu mais um mebro: Eric Hunter (Robert Wolders).

Apesar de bem recebida pela crítica da época, a série teve apenas duas temporadas produzidas, com um total de 56 episódios. Em 2009, a Timeless Media Group lançou a série completa em DVD no mercado americano.

Mas por onde andam seus atores?

Quando entrou para a série o ator Peter Brown já vinha de outra produção de faroeste: “Lawman”, na qual atuou ao lado de John Russell. Seu nome verdadeiro é Pierre de Lappe, nascido em Nova Iorque. Filho de uma atriz de rádio, Peter iniciou sua carreira ainda criança, participando de vários programas infantis.

Após o serviço militar, tentou seguir a carreira de ator, enquanto mantinha seu emprego em um posto de gasolina. Segundo sua biografia oficial, um dos clientes atendido por Peter no posto foi Jack Warner, da Warner Brothers, que lhe ofereceu um teste e, posteriormente, um contrato com o estúdio. Após alguns trabalhos, entre eles a série “Lawman”, Peter assinou um novo contrato, dessa vez com a Universal, que o colocou na série “Laredo”.

Com o fim da série, Peter entrou no circuito de participações especiais. Entre 1991 e 1992, integrou o elenco da novela “The Bold and the Beautiful”. O ator se casou cinco vezes, sendo que teve um filho, Matthew Brown, com sua segunda esposa. Atualmente com 75 anos, o ator participa de eventos e convenções, especialmente aqueles relacionados ao tema de faroeste. Seu trabalho mais recente é o filme western “Hell to Pay”, que o reúne com os atores William Smith e James Drury, de “O Homem de Virgínia”. No elenco também está Lee Majors, de “Big Valley”.

Adendo (22/03/2016)Peter Brown faleceu no dia 21 de março de 2016, aos 80 anos de idade, em consequência do Mal de Parkinson.

William Smith também era um ator já conhecido na época em que trabalhou em “Laredo”. Tendo iniciado a carreira quando ainda era criança, William chegou aos cinemas em 1942 atuando como figurante em vários filmes, entre eles, “A Canção de Bernadette” e “Gilda”. Após o serviço militar, William retornou à Hollywood onde começou a trabalhar como ator de televisão a partir de 1954. Em 1961, integrou o elenco da série “Asphalt Jungle” e, entre 1962 e 1965, esteve em “Zero One”.

Com o fim de “Laredo”, William entrou no circuito de participações especiais, aparecendo em uma centena de episódios de diversas séries. Em algumas, foi visto em vários episódios, geralmente interpretando personagens diferentes. O ator voltou a integrar o elenco fixo de uma série em 1979, com a última temporada de “Havaí 5-0″, na qual interpretou o detetive James Carew, mais conhecido como Kimo.

Em 1983 voltaria com a série “Emerald Point” e, em 1985, com “Wildside”. Entre 1985 e 1989, teve participações recorrentes em “Tiro Certo/Hunter”. O ator também é conhecido por seu trabalho na primeira minissérie produzida pela TV americana: “Pobre Homem Rico”, e sua sequência.

Atualmente, com 77 anos, William continua na ativa. Seu trabalho mais recente é o video game “Wanted: Weapons of Fate”, no qual emprestou sua voz para um dos personagens. Além de ator, William também é escritor e fotógrafo, tendo publicado o livro “The Poetry Work of William Smith”. O ator pode ser encontrado em sua página no Facebook.

Robert Wolders não era um ator conhecido quando entrou no elenco de “Laredo”. Tendo feito algumas participações especiais antes e depois, o ator deixou a carreira por volta de 1975, quando se casou com a atriz Merle Oberon. A diferença de 25 anos de idade que existia entre os dois chamou a atenção da mídia na época. Depois que a atriz morreu em 1979, Robert se tornou companheiro de Audrey Hepburn, com quem viveu até a morte da atriz, em 1993. Em 1994, o ator iniciou uma relação com Leslie Caron, de quem se separou em 1995.

Durante o período em que viveu com Audrey, o ator, de origem holandesa, participou das atividades da atriz na UNICEF. Atualmente com 74 anos, Robert estaria, até recentemente, envolvido com Shirley Fonda, viúva de Henry Fonda.

Os demais atores da série já faleceram. Neville Brand (na foto à esquerda) morreu em 1992, aos 71 anos de idade, vítima de enfisema. Com uma longa carreira televisiva, Neville também é conhecido por interpretar Al Capone em um episódio da série “Os Intocáveis”. O último trabalho do ator no cinema foi com o filme “Evils of the Night”, de 1985. Na TV, foi visto pela última vez em um episódio de “Harper Valley PTA”, em 1982. Casado três vezes, o ator teve duas filhas.

Phillip Carey (na foto à direita) faleceu em 2009, aos 83 anos de idade, vítima de câncer no pulmão, diagnosticado em 2006. O ator foi casado duas vezes e teve cinco filhos. Seu trabalho mais conhecido é a novela “One Life to Live”, da qual se afastou em 2007, em virtude da doença.

___________
Fernanda Furquim: @Fer_Furquim

___________

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s