Veja 1 – Filme antigo

Vocês sabem o que eu penso. Se você criar uma lei de incentivo para o consumo de feijão, haverá alguém corrompendo a lei. O feijão não chegará à mesa do pobre, e algum espertalhão enriquece no meio do caminho. Então leiam o que segue: Por Marcelo BortolotiOs atores e cineastas Guilherme Fontes e Norma Bengell […]

Vocês sabem o que eu penso. Se você criar uma lei de incentivo para o consumo de feijão, haverá alguém corrompendo a lei. O feijão não chegará à mesa do pobre, e algum espertalhão enriquece no meio do caminho. Então leiam o que segue:

Por Marcelo Bortoloti
Os atores e cineastas Guilherme Fontes e Norma Bengell são símbolos da malversação do dinheiro público no cinema nacional. A história de ambos é velha conhecida. Fontes começou a captar recursos públicos para produzir o longa Chatô, o Rei do Brasil, em 1995. Hoje, quase doze anos depois, e tendo consumido o equivalente a 27 milhões de reais, não entregou obra alguma. Norma Bengell até concluiu O Guarani, mas foi denunciada por desviar dinheiro da produção e agora está sendo obrigada a devolvê-lo. À sombra desses casos notórios, no entanto, sobram exemplos de irregularidades. Uma análise dos projetos em andamento na Ancine, a agência responsável pela aprovação dos projetos de captação, mostra que existem 52 casos semelhantes no Tribunal de Contas da União (TCU). São projetos aprovados entre 1995 e 2002 cujos realizadores nunca conseguiram concluir o filme ou fizeram mau uso do dinheiro. Em valores atuais, a aventura representa um desperdício de 120 milhões de reais dos cofres públicos, ou 12% de todo o dinheiro captado no período.
Assinante lê mais aqui

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Anônimo

    Quem é mesmo o Ministro da Cultura?
    Ahhh, lembrei…é aquele que o cantor Lobão chama de “ACM de trancinhas”…
    Aliás, ele, Gilberto Gil gastou 8 milhões de reais na reforma de seu gabinete assim que assumiu o cargo…
    O que podemos esperar de uma pessoa assim?Eu mesmo respondo: podemos esperar o pior!
    Jp

    Curtir

  2. Comentado por:

    Rose

    E o dinheiro ninguém acha mais. Engraçado isso…

    Curtir

  3. Comentado por:

    homo sapiens

    Não sei a quantas vão as idéias do camaleãozinho esperto, Guilherme Fontes. Mas sei, com absoluta certeza, que Norma Benguell se não é mais, ao menos já FOI comunista de carteirinha. Bem jovem na vida, tive oportunidades de ler várias das insanidades da veterana camaleoa noveleira, sempre na defesa dos vermelhos e das atrocidades por eles cometidas, mundo a fora e mundo a dentro. Portanto, não me causa estranheza alguma, sua natural voracidade para engordar em paiol alheio; especialmente no paiol da viúva…!

    Curtir

  4. Comentado por:

    Leticia Braun

    Cinema no Brasil também é uma espécie de Ong, Reinaldo! Tanto em um caso como em outro, esse tupo de captação de verba atrai gente que tem aversão a salário. Querem tudo de uma vez, geralmente pra sair da pindaíba e entrar direto numa casona!

    Curtir

  5. Comentado por:

    Anônimo

    Outro exemplo de “filme antigo” é o apagão aereo do Lula.Leia na sequência:
    1)Ministro relata a Lula situação de aeroportosSegundo fontes do Palácio, Lula teria ouvido um “relato tranquilizador” do ministro. Está foi a segunda reunião do dia entre Lula e Pires.
    2)Mais de trezentos vôos já estão atrasadosNo total, 339 vôos têm mais de 45 minutos de atraso. Total representa 30,3% das operações programadas para esta sexta.
    Esse filme eu já ví,mas a pergunta é:Se trata de COMÉDIA ou DRAMA?
    Jp

    Curtir

  6. Comentado por:

    Anônimo

    Boas Novas!!Quer dizer que a Norma Bengell está tendo que devolver a grana desviada?De vez em quando uma boa notícia para aliviar é bem bom.

    Curtir

  7. Comentado por:

    Anônimo

    Esses cineastas são corruptos e nefastos porque tem o apoio da imprensa. Tudo que essa gentalha fala repercute nos meios de comunicação como forma de escândalo e o governo se sente acuado. Veja o que fez e o que aconteceu com Fernando Collor ao desativar a Embrafilme. Paulo Betti disse que para fazer política tem que colocar a mão na merda. Vagner Tisso disse que quer que a ética vá para a ……. São exemplos de dois aloprados sustentados pela mídia. Os dois cheiram a merda.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Nelson

    Ô Reinaldão, vc está especialmente irritado, será o Carnaval?

    Curtir

  9. Comentado por:

    Anônimo

    12% de desvio? Até que é pouco para a qualidade de nossos artistas….

    Curtir

  10. Comentado por:

    Persegonha

    Pombas, renúncia fiscal é Embrafilme sem gabinete! Na época desta empresa, teve cineasta que comprou apartamento na Barra e na Lagoa, embolsando metade da verba. Isso já dizia Paulo Francis. A Embrafilme já teve como presidente Celso Amorim. Devia ser na época em que o cinema queria nos revelar nossa verdadeira identidade, né, Reinaldo? Bom, deve ter revelado mesmo… Não tem jeito: incentivou, pó virou! Esse país é uma benção! Vivemos imitando o cinema do Irã (um amigo me diz que se recusa a assistir filmes de país onde não exista água potável) e damos prêmios a Claudio Assis e suas “bestas”! Em mais de cem anos de cinema fomos incapazes de fazer um único “Sunset Boulevarzinho”, mas vamos torrando o dindim… Vem fácil, vai fácil…

    Curtir