Teori determina arquivamento de investigação contra Aécio Neves na Lava Jato

STF acatou pedido da Procuradoria-Geral da República, que não viu consistência no depoimento do acusador

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, determinou o arquivamento de uma investigação contra o senador Aécio Neves, do PSDB de Minas Gerais, no âmbito da Operação Lava Jato. O magistrado acatou pedido da Procuradoria-Geral da República, que não viu consistência nas acusações feitas pelo entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará. Em delação premiada, Ceará afirmou que teria levado 300 mil reais para a sede da UTC no Rio de Janeiro, e que um diretor da empresa havia dito que a quantia seria encaminhada a Aécio Neves. Como nem Youssef nem o então presidente da UTC, Ricardo Pessoa, confirmaram a versão, a investigação sobre o tucano foi arquivada. Em entrevista à Folha, Aécio declarou que “a decisão desmascara mais uma torpe tentativa de envolver nomes da oposição no mar de lama que envolve o PT e o governo”.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s