Crônica de uma costeleta anunciada

Se vocês procurarem no arquivo do blog, no dia 24, referindo-me à quadrilha dos Vedoim e alguns associados, publiquei o seguinte, depois daquele jantar com costeletas de carneiro: “A CPI precisa apurar também do que tratou a reunião desse mesmo grupo com o governador do Piauí, o petista Wellington Dias, candidato à reeleição. A reunião […]

Se vocês procurarem no arquivo do blog, no dia 24, referindo-me à quadrilha dos Vedoim e alguns associados, publiquei o seguinte, depois daquele jantar com costeletas de carneiro: “A CPI precisa apurar também do que tratou a reunião desse mesmo grupo com o governador do Piauí, o petista Wellington Dias, candidato à reeleição. A reunião aconteceu em seu gabinete.” Então. Leiam hoje no Estadão, por Expedito Filho e Sônia Filgueiras: “O empresário Ronildo Pereira, integrante da máfia dos sanguessugas, agravou a situação de governadores petistas já citados por outros integrantes do esquema. Segundo depoimento de Ronildo, que agia em parceria com a família Vedoin, dona da Planam, o governador do Piauí, Wellington Dias, participou de uma reunião com integrantes do esquema que tratou da aplicação de recursos acima de R$ 10 milhões para a compra de ambulâncias e equipamentos médicos. O empresário afirmou que Dias ‘tinha conhecimento de que a licitação seria direcionada’. O empresário aponta, ainda, um fato novo: um intermediário teria apresentado os empresários do esquema ao secretário de Finanças de Campinas, cidade administrada por Hélio de Oliveira, do PDT. Ele ainda detalha um acordo fracassado com o governo de Mato Grosso do Sul, comandado por Zeca do PT.” Naquele mesmo dia, informava-se aqui: “A CPI precisa investigar uma informação apurada por este blog. Este mesmo grupo baixou no Mato Grosso do Sul, lá onde o governador tem sobrenome — Zeca do PT — e acertou com o governo a transferência de R$ 10 milhões do Ministério da Saúde para a Secretaria de Saúde do Estado.” Clique aqui para ler mais
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s