Moro repassa recursos para PF em Curitiba pagar conta de luz atrasada

Apesar de o Ministério da Justiça ter assegurado que o corte do orçamento da Polícia Federal não atingiria as operações em curso, as restrições de recursos já se fazem sentir na principal delas, a Lava-Jato, informa Rodrigo Rangel. Até a conta de luz da superintendência de Curitiba, base da operação, estava atrasada. Os policiais federais […]

A superintendência da PF em Curitiba: pindaíba

A superintendência da PF em Curitiba: pindaíba

Apesar de o Ministério da Justiça ter assegurado que o corte do orçamento da Polícia Federal não atingiria as operações em curso, as restrições de recursos já se fazem sentir na principal delas, a Lava-Jato, informa Rodrigo Rangel.

Até a conta de luz da superintendência de Curitiba, base da operação, estava atrasada. Os policiais federais estavam correndo risco de ter a energia do prédio cortada.

O superintendente precisou pedir ajuda ao juiz Sergio Moro, que usou parte dos recursos arrecadados com as condenações da Lava-Jato até aqui para repassar para a PF quitar a conta.

O repasse, segundo pessoas ligadas à PF, foi de 400 mil reais para pagar a conta de luz e outras despesas.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s