Netanyahu empareda ONU por “silêncio ensurdecedor”, enquanto Obama promove “lugar mais seguro para urinar”

Assista ao vídeo

Enquanto o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, estava muito ocupado decidindo onde os transgêneros devem fazer xixi e cocô, com a campanha “Um lugar mais seguro para urinar” – e antes de referir-se 28 vezes a si próprio no discurso de 12 minutos sobre o massacre de mais de dez pessoas em uma universidade de Oregon, quando explorou na TV os cadáveres fresquinhos para empurrar mais uma vez sua agenda desarmamentista, como comentei em tempo real no Twitter -, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, emparedava a ONU pelo “silêncio ensurdecedor” ante a ameaça do Irã de destruir o país dos judeus e pela condescendência internacional com o programa nuclear iraniano selada pelo suposto acordo de paz estabelecido pelos EUA e outros membros com aquele país.

Assista ao discurso firme de Netanyahu, legendado pelos Tradutores da Direita e carregado da testosterona política que falta à oposição no Brasil.



Transcrição:

NETANYAHU: (…) o lar de mais de 6 milhões de judeus. Ele prometeu, abre aspas: “Não haverá Israel em 25 anos.” Fecha aspas. Setenta anos após o assassinato de 6 milhões de judeus, os líderes iranianos prometem destruir o meu país, assassinar o meu povo,e a resposta desta organização, a resposta de quase todos os governos aqui representados tem sido absolutamente nenhuma. Silêncio total. Um silêncio ensurdecedor. Talvez agora vocês entendam porque Israel não está celebrando este acordo com vocês. Se os líderes do Irã planejassem destruir o país de vocês talvez vocês estivessem menos entusiasmados com esse acordo. Se as milícias terroristas do Irã lançassem milhares de mísseis em suas cidades talvez vocês fossem mais moderados na sua euforia. E se este acordo deflagrasse uma corrida armamentista nuclear na sua vizinhança talvez vocês estivessem mais relutantes em celebrar.

* Relembre aqui no blog:
– Obama deu a vitória ao Irã. Veja 16 razões
Programa Contexto 05 (trecho: qual seria a diferença entre Obama e um presidente declaradamente muçulmano?)
Programa Contexto sobre os embustes do desarmamento

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Geroldo Zanon

    Omeu lugar mais seguro para urinar ou fazer coco é no apartamento da DILMA ou no TRIPLES do LULA

    Curtir