O PT pede e o TSE atende: o eleitorado está proibido de saber que Collor apoia Dilma

O ministro Joelson Dias, do Tribunal Superior Eleitoral, decidiu neste domingo proibir o PSDB de continuar veiculando o vídeo que registra mais uma declaração de apoio do ex-presidente Fernando Collor à candidatura de Dilma Rousseff. A liminar pedida pelo PT argumenta que gravações externas não podem ser exibidas no horário eleitoral. Conversa fiada: o que […]

O ministro Joelson Dias, do Tribunal Superior Eleitoral, decidiu neste domingo proibir o PSDB de continuar veiculando o vídeo que registra mais uma declaração de apoio do ex-presidente Fernando Collor à candidatura de Dilma Rousseff. A liminar pedida pelo PT argumenta que gravações externas não podem ser exibidas no horário eleitoral. Conversa fiada: o que se pretende é o sumiço de uma das incontáveis provas de que Collor é hoje um bom companheiro.

“Não se esqueçam desse nome: Dilma Rousseff, presidenta, número 13 na cabeça no próximo dia 3 de outubro”, aparece berrando num comício o ex-inimigo que virou amigo de infância de Lula. Os responsáveis pelo programa apenas acrescentaram uma legenda redundante: “Collor é Dilma”. Nenhuma novidade, certo? Errado, decidiu o ministro Joelson Dias no despacho em que ensina que o vídeo “expõe o eleitor a uma informação falsa sobre o quadro da disputa eleitorall”.

Pela primeira vez, um partido pediu à Justiça que proibisse a veiculação na TV de uma declaração de apoio a uma candidatura do próprio partido. Pela primeira vez, um ministro do TSE tenta censurar uma informação verdadeira por achar que uma informação verdadeira distorce a percepção da realidade. Se Collor é Dilma, por que o eleitorado não pode saber que Collor é Dilma?

É inútil impedir que programas humorísticos façam piadas eleitorais. Políticos e magistrados cuidam disso. E não precisa da ajuda de profissionais do riso quem conta com uma Dilma Rousseff. Na entrevista coletiva de hoje, um jornalista quis saber  o que a candidata tinha a dizer sobre a aliança com Fernando Collor. Resposta:

— São problemas da liberdade democrática.

Vejam o vídeo. E não percam a chance de irritar o PT: contem a todo mundo que Collor é Dilma.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Creso

    Como o PLAYBOY e o RETIRANTE sinalizam que o Brasil continua o mesmo.
    OS PERSONAGENS SÃO OS MESMOS.SÓ MUDARAM OS ATORES.
    Roberto Jefferson tomou o lugar de Pedro Collor. Delúbio e Marcos Valério substituem PC Farias. José Dirceu xerox de Marcos Coimbra na Casa Civíl. A Operação Paraguai se inspirou na Operação Uruguai. João Paulo presidiu a Câmara à la Ibsen Pinheiro. A estrela petista virou arranjo floral no jardim do Alvorada e as cataratas embelezaram o jardim da Casa da Dinda. Rosane Collor fez estripulias na LBA e o filho Fábio Silva fez parceria com a Telemar.
    DURMA-SE COM UM BARULHO DESSES.
    NB: O voto é um casamento do político com o eleitor
    até que a corrupção os separe.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Charles A.

    Estamos em plena ditadura;o que está sendo feito chama-se golpe de estado!Não adianta fingir que é só falar que o Collor está com a Dilma e tudo bem;a oposição precisa de uma ação enérgica, como a que você, Augusto, sugere quando mostra o que Covas fez com Maluf.É preciso enfrentar os ladrões da democracia; aqueles que debocham da constituição deveriam estar na cadeia.Essa popularidade do líder Malulla ,que não vai a estádios e não aparece em público com medo das vaias,é falsa,faz parte do golpe! Fora PT! Fora Lulla! Fora Dilma! – ABAIXO A DITADURA!

    Curtir

  3. Comentado por:

    Carlos

    Esse Joelson Dias é sócio de um escritório de advocacia em Brasília, que tinha em seus quadros a advogada Erenice Guerra…

    Curtir

  4. Comentado por:

    Élio Estácio Dall’Agnol

    Sou gaúcho de P.Fundo, educador e professor!
    O milicianélio aparece aqui a cada três dias para repetir a mesma informação. Não pode ser normal.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Élio Estácio Dall’Agnol

    Sr. Augusto muito obrigado por deixar me expressar mesmo com partes soltas de meu comentário.Mostra que pregas a democracia e a pratica literalmente. Abraços!

    Curtir

  6. Comentado por:

    G G Oliveira

    Esse é um dos motivos da qualidade de ensino estar decaindo cada vez mais,neste “Brasil de Tolos”. Em sã consciência quem acha que os Ministros do Supremo seriam contra o PT? Ora… ora!…foram e são indicados pelo Presideus. Eu não tenho dúvidas no que vou afirmar: Ou votam a favor, ou sofrem as consequências depois. Só há duas hipóteses hoje em pleno andamento: Ou você se submete aos desmandos petistas, ou vive com medo da represália. Vejam as ações do MST e suas raizes espalhadas. Esse apoio do Collor-ido é velado e não é só vetado pelo PT. Mas pensando bem: velado no trivial, está é o povo brasileiro, com a vela na mão, para não dizer em outro local. Lamentável mas verdadeiro.

    Curtir

  7. Comentado por:

    Sandro

    Esse Ministro é tão Comunista e Repugnante como a Máfia do PT. Esse Ministro deveria ser Julgado Por crime de Guerra (Crime contra à Humanidade), pois é um Antidemocrático, uma atraso de Vida para o Brasil. Vergonha dessa Justiça Imunda.

    Curtir