Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hino Nacional, um poema de Carlos Drummond de Andrade

Precisamos descobrir o Brasil! Escondido atrás das florestas, com a água dos rios no meio, o Brasil está dormindo, coitado. Precisamos colonizar o Brasil. O que faremos importando francesas muito louras, de pele macia, alemãs gordas, russas nostálgicas para garçonnettes dos restaurantes noturnos. E virão sírias fidelíssimas. Não convém desprezar as japonesas. Precisamos educar o […]

Precisamos descobrir o Brasil!
Escondido atrás das florestas,
com a água dos rios no meio,
o Brasil está dormindo, coitado.
Precisamos colonizar o Brasil.

O que faremos importando francesas
muito louras, de pele macia,
alemãs gordas, russas nostálgicas para
garçonnettes dos restaurantes noturnos.
E virão sírias fidelíssimas.
Não convém desprezar as japonesas.

Precisamos educar o Brasil.
Compraremos professores e livros,
assimilaremos finas culturas,
abriremos dancings e subvencionaremos as elites.

Cada brasileiro terá sua casa
com fogão e aquecedor elétricos, piscina,
salão para conferências científicas.
E cuidaremos do Estado Técnico.

Precisamos louvar o Brasil.
Não é só um país sem igual.
Nossas revoluções são bem maiores
do que quaisquer outras; nossos erros também.
E nossas virtudes? A terra das sublimes paixões…
os Amazonas inenarráveis… os incríveis João-Pessoas…

Precisamos adorar o Brasil.
Se bem que seja difícil caber tanto oceano e tanta solidão
no pobre coração já cheio de compromissos…
se bem que seja difícil compreender o que querem esses homens,
por que motivo eles se ajuntaram e qual a razão de seus sofrimentos.

Precisamos, precisamos esquecer o Brasil!
Tão majestoso, tão sem limites, tão despropositado,
ele quer repousar de nossos terríveis carinhos.
O Brasil não nos quer! Está farto de nós!
Nosso Brasil é no outro mundo. Este não é o Brasil.
Nenhum Brasil existe. E acaso existirão os brasileiros?

Carlos Drummond de Andrade

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    ZULEIKA AMARAL

    Acho ótimo você postar,de vez em quando,algum poema ou
    letra de música com evidentes significados sobre os mo-
    mentos que vivemos:estes existem,SIM,e com certeza hão de agradar aos seus fiéis leitores.Como eu,por exemplo,
    que tenho a letra de um samba belíssimo de Nelson Cava-
    quinho:”JUIZO FINAL”,que tem muito a ver com o Brasil.Se
    puder,vou tentar postá-lo no espaço acima.POSSO?!?
    Zuleika
    Mande, por favor, Zuleika. Será um prazer. abraços, Augusto

    Curtir

  2. Comentado por:

    kasmanas

    grandioso Carlos Drummond de Andrade, filiado ao partido comunista brasileiro (PCB), preocupado com a questão social, nacional e humana
    UM VIVA PARA A PLURIDADE E O RECONHECIMENTO, MESMO DENTRO DA REVISTA VEJA!

    Curtir

  3. Comentado por:

    rejinaldo

    nao sei nao viu

    Curtir

  4. Comentado por:

    karolayne

    voce drummond e um grande escritor,me fez tirar dez nessa sua pesquisado brasil
    eu te amo muito

    Curtir

  5. Comentado por:

    nicole

    voce e um crande escritor viu me animou a fazer meu dever sobre o hino nacional pro dia 12/04/2013 voce e demais a minha professora vai amar

    Curtir

  6. Comentado por:

    tays sousa barbosa

    eu gostei muito muito de seus poemas sou sua fâ

    Curtir