Doutor em chicana

“É muita marola para pouca água. Não há uma prova”. José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça e advogado particular de Dilma Rousseff, sobre a chuva de dinheiro criminoso que inundou a candidatura da chefe à reeleição, inspirando-se em Lula para rebaixar a marola o tsunami de delinquências que liquidou a Petrobras.

“É muita marola para pouca água. Não há uma prova”.

José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça e advogado particular de Dilma Rousseff, sobre a chuva de dinheiro criminoso que inundou a candidatura da chefe à reeleição, inspirando-se em Lula para rebaixar a marola o tsunami de delinquências que liquidou a Petrobras.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Charles A.

    Há sim,a prova da OAB,aquela entidade petista que não é conselho;não é associação;não é clube;não é partido não é sindicato:ou é? Sindicato dos donos dos advogados do Brasil,talvez…

    Curtir

  2. Comentado por:

    Ludilma Cardozo

    “Ai, que vida boa, olerê
    Ai, que vida boa, olará
    O estandarte do sanatório geral vai passar
    Ai, que vida boa, olerê
    Ai, que vida boa, olará
    O estandarte do sanatório geral
    Vai passar”

    Curtir

  3. Comentado por:

    Sidney

    Augusto
    Esse também está – NU – e ainda não percebeu.
    Parece até que está tentando reeditar as abobrinhas ditas tempos atrás pelo sr suplício que foi substituído por um tal de suba e concorrendo com o mano do genuíno duvidoso.
    Por questão apenas e tão somente deveria lembrar-se de um Órgão da Nação chamado TCU antes ainda de duvidar nefastamente inclusive das montanhas de Fatos e Provas acumulando-se felizmente pelos caminhos Democráticos.
    O Brasil precisa colocar para escanteio os como ele do partido partido e que seguem a também Nefasta cartilha do partido partido e dono infelizmente ainda dos poucos amestrados que restam.
    Esquece também que o Brasil foi deliberadamente roubado sim e sabemos perfeitamente por quem é da ajuda conluio lulo-dilmais da conta.
    Não passará ; não passarao!!!
    Avante Brasil ; avante Operação Lava Rápido brilhantemente dirigida pelo Sr Juiz Moro é Equipe com o respaldo inconteste do Povo brasileiro que foi colocado MessagePad todas Nefastas Filas……
    Não podem enganar a todos durante todo o tempo!!!
    Baita abraco

    Curtir

  4. Comentado por:

    fernando

    Mas afinal, o fato não existiu ou existiu mas não há provas?

    Curtir

  5. Comentado por:

    Markito-PI

    Rm homenagem àquele político que era intelectualmente honesto e sentia-se mal no PT- José Eduardo Cardoso), afirmo: Esta pouca água, pixuleco l´quido-para os padrões dos ladrões do PT, é água contaminada por todos os artigos do Código Penal, mais a falta de vergonha na cara desta canbada de fascistas ignorantes.É típico de Lula esconder-se do “affaire” Rose e usar Maisa como escudo.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Nels ON – off

    “É muita marola para pouco água. Não há uma prova”.
    Doutor Honoris Causa em “Xcana” corrigiu a frase:
    É muita marola para pouco água (ardente). Nāo há uma prova? (p/ “molhar o bico”)

    Curtir

  7. Comentado por:

    J.B.CRUZ

    É um perfeito ‘rainha da Inglaterra”, onde um Subordinado (JAPONÊS DA FEDERAL) tem mais credibilidade junto ao povo, do que o chefe…

    Curtir

  8. Comentado por:

    Cidadão

    Os 50.000 HOMICÍDIOS/ANO nestepaiz também é uma marolinha e poucos cadáveres. Em 13 anos de PTralhismo mais de meio-milhão de pobres assassinados na democracia-cubana.

    Curtir

  9. Comentado por:

    maria-maria

    Sinistros como esse porco da gerenta incompetenta não são passíveis de defenestração? O energúmeno tenta desmoralizar todo um processo em andamento e fica por isso mesmo? Triste – e podre – sbórnia lulopetista

    Curtir

  10. Comentado por:

    Marquês de Casca Fina

    A água é pouca?
    Faz mal, não.
    Se a água é pouca, abunda a lama.

    Curtir

  11. Comentado por:

    Erik Volim

    Universo paralelo do pt 1 onde
    -até a lei da gravidade pode ser questionada e quando a maçã cai da macieira é certo que ela irá para o espaço.
    -quando ocorre um crime, o investigado é o promotor.
    – todo mundo reforma de graça e sem interesse o apartamento e o sitio com antena dos amigos, que nem são os donos.
    – pouca água faz muita marola.
    – e a linguiça vai acabar mordendo o cachorro.

    Curtir

  12. Comentado por:

    LUG

    É isso aí, Excelência. Todo o Brasil sabe que o Honesto Homem é honesto, o sítio não é dele, nem o triplex, ele não tem celular e nem conhece uma tal de Rose.
    A presidentaaaaaaa é doutora em Economia, e está governando o Brasil como uma estadista, soltando poeira em Angela Merkel e no resto do mundo.
    Melhor deixar marolas e provas para quem entende do riscado. Fique ministro da Dilma. É o que lhe cabe neste latifúndio.

    Curtir

  13. Comentado por:

    RedFox

    O cara tá certo. Não uma prova. Há dezenas.

    Curtir

  14. Comentado por:

    Marcos

    Que biografia esse sujeito está produzindo, meu Deus!

    Curtir

  15. Comentado por:

    Santeófilo

    Discordo veementemente do ilustríssimo ministro da justiça. Provas existem aos montes, o que realmente está faltando é o que até os cães vadios das ruas já sabem. Enfim, um judiciário sem rabo preso. Eu falei o óbvio???? É claro que falei!!!! Se sou um imbecil por ficar regurgitando o que está mais do que visível? Não!!!!!! Imbecil é quem ainda acredita que estamos vivendo numa normalidade democrática, ora bolas!! Quando o José Eduardo Cardoso se dispõe a tamanha desfaçatez é porque sabe de antemão que ele e sua patroa estão protegidos pelo…judiciário!!!!!!!! Aliás, outro dia fui abordado por um colega na rua, por sinal bastante enfurecido, que queria porque queria que eu dissesse por que diabos ainda insistimos em…em…em…sabe de uma coisa? Esse comentário está ficando pra lá de enrolado e o melhor que eu tenho que fazer é ir aguar a minha horta.

    Curtir

  16. Comentado por:

    Leonardo X

    Lembra aquele personagem da Escolinha do Professor Raymundo: “Não tem retrato de Getúlio apontando o
    revólver pro peito e disparando o tiro? Então há controvérsias”. Apolítica brasileira virou um programa de televisão de humor negro.

    Curtir

  17. Comentado por:

    laercio

    Esse negócio de marola já deu errado uma vez.

    Curtir

  18. Comentado por:

    laercio

    É impossível produzir muita marola com pouca água.

    Curtir

  19. Comentado por:

    Lucia galdo

    Que tudo seja investigado, mas não se esqueçam da Rose, aquela amiguinha do Lula! Um viva ao triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e a antena da Oi. Só assim a Rose vai sair do seu esconderijo! Tem uma mala cheia de euros sem dono em Portugal, quem sabe agora o dono apareça!

    Curtir

  20. Comentado por:

    Sandra fernandes

    Além da sacanagem de Lula não depor, Delcído, agora, livre. Bem que ele falou que tinha o $TF nas mãos !! Todos na rua dia 13 de março. Caso contrário, além do nariz de palhaço, vistamos a fantasia inteira e nos calemos para sempre.

    Curtir

  21. Comentado por:

    Elementaríssimo!

    “Não há uma prova” diz o ministro. Sabe o povo brasileiro, que são dezenas de provas! Esse pessoal, no desespero, coloca nas palavras, seus desejos.

    Curtir

  22. Comentado por:

    Justice

    O cara de pau incompetente perambula, desorientado, junto com o bando de mortos-vivos.

    Curtir

  23. Comentado por:

    delmo oliveira

    Caro Augusto;
    Além de ser um dos três porquinhos da Dilma Mentirosa Rousseff, o Cardozão, em cuja área de jurisdição está a Polícia Federal, sendo a mesmo o atual ministro da Justiça do ESTADO BRASILEIRO, só que em situações-limite, ele opta por defender o partido, não o interesse público-chega ser ridículo tal proceder. Veja que o mesmo mudou o visual dentário, será para compor o personagem da fábula. Precisamos livrar o B-R-A-S-I-L do Lulopetismo, não vamos suportar essa Lulopetista até 2018. PT NUNCA MAIS!!!

    Curtir

  24. Comentado por:

    Manoel Gonçalves de Oliveira

    Esse projeto de Ministro é uma vergonha para o País, porque o que ele mais faz é defender os petralhas, inclusive, Lula e Dilma, o que foge completamente às suas atribuições como tal, o que é vergonhosos para todas as pessoas de bem do País !!!!

    Curtir

  25. Comentado por:

    Gilberto José Forster

    Creio que para os mais atentos, se aperceberam que o Ministro da Justiça do Brasil, aproveita numa entrevista para se pronunciar sobre a questão do FHC, ou seja uma autoridade deste quilate, se prestar. Um tsunami assola os corredores, melhor os porões do Planalto, vem este cara dar relevância igual a todos escândalos deste desgoverno. Igual relevância, quando Tarso Genro foi a Mônaco prender o banqueiro. Precisava o ministro ir lá?

    Curtir

  26. Comentado por:

    Ze Bebelo

    Sempre a mesma falha trágica de quem comete crimes às ocultas:
    “Não há provas!”
    Provas existem sim, admiti-las é questão de juízo:
    O que não há é juízo.

    Curtir

  27. Comentado por:

    Lucia S.

    Uma vez “porquinho capachildo da dilma”, porquinho até morrer!!!!!!!!!!
    Tem gente que não tem jeito, segue confundindo privado com ESTADO…

    Curtir