Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ford cancela investimento de US$1,6 bi no México após crítica de Trump

Em setembro de 2016, o então candidato à presidência ameaçou aplicar tarifas alfandegárias de 35% aos produtos da Ford produzidos no México se fosse eleito

A Ford cancelou nesta terça-feira um investimento de 1,6 bilhão de dólares (mais de 4 bilhões de reais) na cidade de San Luis de Potosí, no México, onde iria construir uma nova unidade de montagem de veículos. Em comunicado, a Ford também disse que produzirá a nova geração do modelo Focus na fábrica que tem na cidade de Hermosillo “para melhorar a rentabilidade da companhia”, e que investirá 700 milhões de dólares (2,5 bilhões de reais) em Flat Rock, no estado de Michigan, nos Estados Unidos.

O presidente da montadora, Mark Fields, negou depois, em uma entrevista à rede de televisão CNN, que o cancelamento do investimento no México fosse uma concessão ao presidente eleito dos EUA, Donald Trump, que defende um protecionismo econômico. “Não chegamos a um acordo com Trump. Nós o fizemos por nosso negócio”, garantiu Fields.

A Ford acrescentou que o investimento em Flat Rock será para a produção de veículos autônomos e elétricos e criará 700 postos de trabalho diretos. Os planos de produção da companhia americana no México foram frequente alvo dos ataques de Trump nos últimos meses. Em setembro de 2016, o então candidato à presidência ameaçou aplicar tarifas alfandegárias de 35% aos produtos da Ford produzidos no México se fosse eleito.

Trump também afirmou que a Ford demitiria trabalhadores nos Estados Unidos para produzir veículos em San Luis de Potosí, o que foi categoricamente negado por Fields. Pouco antes do anúncio da Ford, o presidente eleito atacou a General Motors (GM) e ameaçou a montadora com a imposição de tarifas a menos que produza seus veículos nos Estados Unidos.

“A General Motors está enviando o modelo Chevy Cruze feito no México às concessionárias dos EUA sem tarifas. Fabrique nos EUA ou pague uma grande taxa alfandegária!”, ameaçou Trump no Twitter. Após a mensagem do presidente eleito, a GM afirmou em um breve comunicado que produz a versão sedan do Cruze no estado de Ohio.

(Com agências EFE e Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Marques

    Os petistas estão confusos..Trump, candidato dos companheiros metalurgicos americanos…

    Curtir

  2. Carlos Marques

    Trump peitando as “multinacionais ianques”…Vai dar um abraço nele, Lula…Vai, Ze Dirceu…Ahn…agora não dá, né…

    Curtir

  3. Micky Oliver

    Trump ta corretíssimo!

    Curtir

  4. O México é uma república de narcotraficantes que exporta a morte pelo vício da droga e desemprego para os EUA então grande parte dos cidadões que sentem esses pbs na pele rechaçaram a Hillary escatológica e o Obanana Gump e elegeram o Trump

    Curtir

  5. Carlos Marques

    O Mexico, infelizmente, esta dominado por potentes carteis criminais que diminam e madsacram seu povo. Tomara que consigam resolver seus problemas. Mas são problemas seus.

    Curtir

  6. Os trabalhadores mexicanos vão se lascar com Trump!

    Curtir

  7. Robson La Luna Di Cola

    As grandes corporações multinacionais, se descobrirem que os marcianos trabalham de graça, são capazes de mudar todas as suas fábricas para o planeta Marte…

    Curtir