Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Xará de frigorífico é confundida com empresa investigada

A empresa Peccin S/A que comercializa doces foi hostilizada por conta da sósia envolvida na Operação Carne Fraca

Por Thaís Augusto Atualizado em 27 mar 2017, 16h50 - Publicado em 27 mar 2017, 16h49

Assim que a Operação Carne Fraca foi deflagrada, a empresa de doces gaúcha Peccin S/A precisou se explicar em sua página oficial no Facebook para tranquilizar os clientes que a confundiram com o frigorífico Peccin, do Paraná. A operação investiga um esquema de corrupção envolvendo fiscais e frigoríficos.

Na publicação a empresa enfatiza que “não possui qualquer relação comercial ou societária com o frigorífico Peccin Agroindustrial S/A”.

 

Continua após a publicidade

Apesar da publicação, alguns internautas escreveram no perfil da Peccin S/A que não acreditavam que ela não tinha relação com o frigorífico investigado pela PF.

A empresa gaúcha pertence à família Pezzin, que há 60 anos fabrica produtos conhecidos do público, como os doces Tri Bala e o chocolate Trento, e está entre as seis maiores produtoras de doces do Brasil.

O frigorífico Peccin, que também atende pelo nome fantasia Italli Alimentos, fez uma tentativa de se desvincular da sósia no site da empresa. “A Peccin Agro Industrial esclarece que não tem qualquer vínculo comercial ou societário com a Peccin S/A, indústria gaúcha de doces e chocolates”.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês