Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Wall Street fecha 1º pregão de 2012 em alta de 1,47%

Por Da Redação - 3 jan 2012, 19h01

Nova York, 3 jan (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta terça-feira o primeiro pregão de 2012 em alta de 1,47%.

Segundo resultados provisórios, esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, somou 179,75 pontos, para 12.397,31. Já o índice seletivo S&P 500 subiu 1,55%, e o indicador da bolsa eletrônica, a Nasdaq, aumentou 1,67%.

O pregão nova-iorquino registrou esses sólidos avanços influenciado pelos dados melhores do que o previsto sobre o setor manufatureiro e a despesa de construção nos Estados Unidos.

A grande maioria de seus setores fechou em alta, liderados pelo energético (3,3%), que registrou esse avanço em um dia no qual o petróleo do Texas subiu 4,17% até os US$ 102,96 por barril, seu preço mais alto desde maio de 2011.

Publicidade

Dessa maneira, apenas quatro dos 30 componentes do Dow Jones fecharam em terreno negativo: a cadeia de fast-food McDonald’s (-1,49%), a operadora de telefonia Verizon (-0,97%), a seguradora Travelers (-0,3%) e a cadeia de alimentação Kraft (-0,24%).

As altas foram lideradas pelo produtor de alumínio Alcoa (6,71%), seguido pelos bancos JPMorgan Chase (5,2%) e pelo Bank of America (4,32%).

No mercado Nasdaq chamou atenção a queda de 6,59% do portal de cupons de desconto Groupon e o forte avanço de 6,9% do fabricante canadense de BlackBerry, Research In Motion.

Em outros mercados, o ouro subiu a US$ 1.600,5 dólares a onça, a moeda americana perdia terreno em relação ao euro (e fechou cotada a US$ 1,3049), e a rentabilidade da dívida pública americano a 10 anos progredia para 1,95%. EFE

Publicidade