Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Valor de mercado da Microsoft supera o da Apple

Desde 2010 a empresa fundada por Bill Gates não ultrapassava a fabricante do iPhone em valor de mercado

Por Reuters - 28 nov 2018, 19h54

O valor de mercado da Microsoft superou o da Apple em 3 bilhões de dólares nesta quarta-feira. Com isso, a fabricante do software Windows se tornou a empresa mais valiosa do mundo. Beneficiada pelo otimismo gerado pela demanda por serviços de computação em nuvem, as ações da Microsoft saltaram 3%, elevando a capitalização de mercado da companhia a 848 bilhões de dólares.

Com o mercado se recuperando em geral após um declínio recente, os papéis da Apple também subiram, embora menos que os da Microsoft. O avanço de 2,17% da Apple atribui à empresa um valor de mercado de 845 bilhões de dólares, apenas quatro meses após a fabricante de iPhones romper a marca de 1 trilhão de dólares pela primeira vez.

As duas companhias operaram em torno do mesmo nível após o fechamento de segunda-feira, mas o avanço da Microsoft sobre a Apple nesta quarta-feira foi mais substancial.

Os valores de mercado das empresas foram calculados com base nas ações em circulação reportadas recentemente.

Publicidade

Em 2010, o valor de mercado da Apple superou o da Microsoft, com a vendedora do Windows enfrentando dificuldades em meio à demanda mais lenta por computadores pessoais, em parte devido à explosão de smartphones conduzida pelo iPhone.

Desde então, a Microsoft não terminou em um único pregão com valor de mercado superior ao da Apple.

 

Publicidade