Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vale: Murilo Ferreira descarta novas aquisições

Segundo o presidente da companhia, nenhuma negociação está em curso neste momento

O presidente da Vale, Murilo Ferreira, afirmou que a companhia pretende estimular o crescimento orgânico e que, no momento, não está negociando a compra de nenhuma outra empresa – e tampouco pretende fazer uma nova joint-venture. A afirmação foi feita durante a teleconferência com analistas da empresa na manhã desta quinta-feira.

A resposta foi dada depois de um analista perguntar a opinião da companhia sobre as fusões e aquisições que vem acontecendo no setor de mineração, como a da Glencore e Xstrata, anunciada no início do mês. “A Glencore já possuía cerca de 34% das ações da Xstrata. Foi natural ela estar em processo de adquirir as demais ações”, afirmou Ferreira.

Leia mais:

Vale tem lucro recorde de US$ 22,88 bilhões em 2011

Murilo Ferreira leva a Vale ao divã

De acordo com o executivo, o foco no crescimento orgânico se deve à expectativa da companhia com os projetos de exploração de minério de Rio Colorado, na Argentina, e da Serra Norte de Carajás (a empresa recebeu a licença ambiental para operá-lo recentemente). “Esses projetos já nos trazem grandes desafios neste momento”, disse ele.

A empresa ainda acredita que a maioria das consolidações no setor aconteceram entre 2004 e 2009, e que hoje as empresas passam por uma fase de assimular esses processos e maturar os negócios fechados. “Por esse motivo acreditamos que as transações de fusão e aquisição devem se estabilizar daqui pra frente”, afirmou Ferreira.