Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Uber lança game para ajudar motoristas a melhorar pontuação no app

O jogo interativo tem como foco os motoristas novatos e é dividido em três módulos para que os condutores aprendam com as situações mais comuns do dia a dia

A Uber lançou nesta terça-feira um game para ajudar os motoristas do aplicativo a melhorar a pontuação na plataforma. O Desafio Cinco Estrelas é ambientado na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, onde, coincidentemente, mora o único motorista brasileiro com a pontuação máxima do aplicativo.

O jogo interativo tem como foco os motoristas novatos e é dividido em três módulos para que os condutores aprendam a lidar com as situações mais comuns do dia a dia, e dessa forma reduzir o stress e ansiedade das primeiras viagens.

“Não basta comunicar [sobre os desafios de ser motorista], o game é mais uma alternativa para que o condutor reflita de forma lúdica sobre o que ele pode esperar dos passageiros e como agir”, afirmou o gerente-geral da Uber para o Estado de São Paulo, Fabio Plein.

O game ainda dá dicas para que os motoristas alcancem a avaliação máxima do aplicativo ou recuperem sua pontuação. Em média, os motoristas brasileiros têm 4,65 estrelas – em uma escala que vai até 5.

Dicas da Uber para que o motorista alcance uma avaliação de cinco estrelas

Dicas da Uber para que o motorista alcance uma avaliação de cinco estrelas (Uber/Divulgação)

Segundo Plein, o jogo surgiu do desejo da Uber de proporcionar mais ‘viagens mágicas’. “Isso acontece quando o condutor é avaliado com cinco estrelas e o passageiro também, é uma viagem em que os dois lados ficam muito satisfeitos”.

O game Desafio Cinco Estrelas é uma iniciativa brasileira. “A escolha do game tem a ver com a quantidade de motoristas no Brasil, é difícil pensar em algo para traduzir melhor o que queremos aos diversos públicos”, disse Plein.

No Brasil, são 500.000 motoristas da Uber espalhados por mais de 100 cidades. Para Plein, os brasileiros que trabalham na plataforma estão abertos a essas inovações. “É algo novo que estamos testando, mas os resultados têm sido positivos”.

O motorista não será obrigado a jogar, mas tanto novatos quanto veteranos serão convidados a participar. “Estamos apostando nessa ferramenta para traduzir e reduzir a ansiedade dos novos motoristas ao abordar situações reais no jogo.”

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Permitam-me eu dar meu pitaco. Dirijo Uber há mais de 6 meses (quando fiquei desempregado) :

    1) O Uber quer mesmo é GRANA. Ou seja, quanto mais motoristas parceiros na rua, melhor. O Uber cobra de seus motoristas 25% de todas as corridas que são cobradas do passageiro. Quanto mais motoristas, mais chances do passageiro não escolher outras plataformas ou taxis ou ônibus, mais grana vai para o Uber. Simples assim !
    2) Motoristas são avaliadaos pelos passageiros e vice-versa e não pelo Uber. Se o motorista for sempre mal avaliado e atingir pontuação 4,65 (estrelas), ele toma um gancho de 48h. Depois do terceiro gancho é cortado. Pois bem, para o passageiro, nada muda, já transportei usuarios que a classificação (do passageiro) era 4,1 (estrelas). Isto reforça o item “1” acima.
    3) Saindo o motorista mal avaliado, o Uber sempre incentivará com muito marketing e promessas, outros desempregados a tomarem seus carros e se tornarem parceiros do Uber, mesmo pegando passageiros mal-avaliados ou mesmo tomarem gancho, afinal, quem sustenta toda a operação é o passageiro. Isto reforça o Item “2” acima.
    4) Minha experiência própria : Faço o serviço de Uber de 4ª a 2ª feiras (incluindo sábados, domingos e feriados). Começo por volta das 06:30 da manhã e vou até às 21:00. Consigo tirar por dia, descontando somente a GASOLINA, uns R$ 70,00. IPVA, possíveis multas, manutenção, troca de óleo, limpar o carro se sujarem, mijarem ou vomitarem no carro, etc… Tudo isto é por minha conta, o Uber não tem nada com isto, a não ser cobrar os 25% e você estar sujeito a acidentes, problemas com o carro, com os passageiros, etc. Fecha-se o ciclo ao qual reforça os items “1”, “2” e “3”.

    Curtir

  2. Osmar Serrragem

    O motorista ideal do Uber:
    1. Fica quieto.
    2. Não abre a boca.
    3. Desliga o radio.
    4. Nao oferece balinha.
    5. Se o cliente falar algo, responde, mas sem polemizar. Nada de ” é, mas, por outro lado…”

    Curtir

  3. Osmar Serrragem

    O Uber esta cheio de “Einsteins frustrados”, tipo: “quando eu trabalhava na NASA, aí ela faliu…” ou ” tenho tres filhos estudando na Universidade de Berlim, um dá aula de Alemão” ou “amanha estarei me mudando para as Bahamas. Ja comprei até um iate”… Haja gênios frustrados…

    Curtir