Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Standard & Poor’s rebaixa nota de crédito da JBS

Agência de classificação de risco tomou decisão em razão do acordo de leniência fechado entre a controladora da empresa, a J&F, e o Ministério Público

Por Da redação 14 jun 2017, 19h55

A Standard & Poor’s rebaixou a nota de crédito da JBS por conta do envolvimento em casos de corrupção. A agência de rating reduziu nesta quarta-feira as notas da empresa de BB para B+. A classificação de risco mede a probabilidade de empresas ou países honrarem seus empréstimos, e é levada em conta por agentes como fundos de investimentos e instituições financeiras.

  • A S&P disse que a nova avaliação decorre do acordo de leniência fechado pela controladora do frigorífico, a J&F, com o Ministério Público. A negociação foi fechada no dia 31 de maio e prevê o pagamento de 10,3 bilhões de reais em multas, no prazo de 10 anos. Segundo a S&P, o caso demonstra “padrões fracos de governança,  que resultam em flexibilidade financeira reduzida”.

    A agência também colocou a nota da empresa em perspectiva negativa, o que indica que poderá haver nova redução na sua nota.

    A JBS  já havia sido rebaixada por outras duas grandes agências de rating recentemente: a Moody’s, na última sexta-feira, e a Fitch, no dia 22 de maio. Nesta quarta, o frigorífico anunciou a nomeação de Marcelo Proença como novo diretor global de compliance. A medida pretende garantir melhores práticas de governança do mercado, depois de envolvimento de executivos da empresa em atos ilícitos.

    As ações da JBS tiveram baixa 0,59% no pregão de hoje da bolsa de valores de São Paulo, encerrando o dia em 6,76 reais. O Ibovespa teve alta de 0,15%, a 61.922 pontos

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade