Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moody’s corta rating da JBS e mantém revisão para rebaixamento

Segundo a agência, a redução de rating reflete os riscos relacionados a possíveis processos judiciais, governança da empresa e danos à reputação

A agência de classificação de risco Moody’s cortou o rating corporativo da JBS, de Ba3 para B2, assim como os ratings de sua subsidiária JBS USA, mantendo as classificações de ambas em revisão para novo corte.

Segundo a agência, as reduções dos ratings refletem os riscos relacionados a possíveis processos judiciais futuros, a governança da empresa e os danos causados ​​pela reputação.

A Moody’s também levou em conta se esses riscos podem prejudicar as operações da empresa, o acesso ao mercado e a liquidez.

“Se a liquidez se deteriorar como consequência desses desenvolvimentos, a Moody’s poderá adotar mais ações de classificação antes da conclusão final do processo de revisão”, acrescentou a agência.

A Polícia Federal deflagrou hoje uma operação na sede da JBS e também da FB Participações, outra empresa controlada pela família. Os investigadores apuram se os controladores do conglomerado obtiveram lucros com a compra de dólares e a venda de ações do grupo às vésperas de virem a público informações sobre a delação premiada.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu vários processos para investigar se a JBS cometeu ilegalidades em venda de ações e na atuação do dólar. No fim de maio, dois deles se transformaram em inquéritos.

 

(Com Reuters)