Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Setor privado dos EUA abriu 215 mil novas vagas em novembro

Criação de postos veio acima das expectativas de analistas, que projetavam cerca de 170 mil

Por Da Redação 4 dez 2013, 13h47

As contratações no setor privado dos Estados Unidos aumentaram em novembro no ritmo mais forte em um ano, sugerindo que o mercado de trabalho está melhorando o suficiente para que o Federal Reserve, banco central do país, comece a reduzir em breve suas compras de títulos.

Os empregadores do setor privado abriram 215 mil novas vagas no mês passado, mostrou o Relatório de Emprego, o maior aumento em um ano e acima das expectativas de economistas de criação de 173 mil postos. O aumento de vagas de outubro foi revisado para 184 mil, ante 130 mil.

Os dados vêm antes de um relatório do governo muito mais abrangente sobre o mercado de trabalho, que será divulgado na sexta-feira, incluindo tanto os empregos no setor público quanto no privado.

Leia também:

Mercado de trabalho acelera de forma inesperada nos EUA

Criação de empregos perde força, mas taxa de desemprego cai nos EUA

Esse relatório (conhecido como payroll) deve mostrar criação de 180 mil vagas excluindo o setor agrícola, com base em estimativas de analistas, ante 240 mil em outubro. “Se o relatório da ADP mostrar-se um bom guia, um aumento de 200 mil (vagas fora do setor agrícola) pode ser o suficiente para persuadir o Fed a começar a redução de seu estímulo ainda neste mês”, disse o economista-chefe da Capital Economics, Paul Ashworth.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade