Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Saiba o que dá para comprar com todo o dinheiro que o governo já repassou ao BNDES

Com os R$ 416 bilhões injetados no banco de fomento de 2008 a 2014 seria possível adquirir o equivalente a quatro Vale, duas Petrobras e nove JBS

Por Da Redação 5 Maio 2015, 15h00

Desde 2008, o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vem recebendo recursos do Tesouro, seu único acionista, com o objetivo de capitalizar empresas que, em muitos casos, acabaram em situação financeira delicada, como é o caso da própria Petrobras, da Oi e da Marfrig. Entre 2008 e 2014, foram repassados 416 bilhões de reais dos caixas da União, ou seja, dinheiro proveniente de pagamentos de impostos, para dezenas de empresas.

Com a arrecadação federal em queda e a necessidade de implementar ajustes para que o país equilibre suas contas, os repasses foram cortados em 2015. Um dos primeiros anúncios do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, foi suspender aportes, permitindo que o banco recebesse “apenas” os 30 bilhões de reais já acordados em 2014, e que foram recentemente aprovados pelo Senado. Para compensar a suspensão, o BNDES foi ao mercado internacional duas vezes no ano passado e captou em dólares (1 bilhão) e em euros (650 milhões), em títulos com prazo de vencimento em 2019. O banco deve tentar uma captação de 15 bilhões de reais este ano.

Leia mais:

TCU obriga BNDES a suspender venda de terreno no DF

BNDES comprometeu 25% de seu patrimônio com a Petrobras

Saiba quais seriam as aquisições possíveis com o dinheiro injetado no BNDES entre 2008 e 2014. O dados de valor de mercado das empresas são da consultoria Economatica.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)