Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Receita corrige tabela do Imposto de Renda em 4,5%

Correção passa a valer a partir de 1º de janeiro; parcela de trabalhadores passa a ter isenção da cobrança

Por Da Redação 25 dez 2013, 12h05

A última correção automática da tabela do Imposto de Renda entra em vigor a partir de janeiro e elevará em 4,5% as faixas de cobrança. Os novos valores já vão ser deduzidos na folha de pagamento em 2014 e valem para a declaração do IR de 2015.

Pela nova tabela, uma parcela de trabalhadores que estava incluída na primeira faixa de cobrança passa a ter isenção. Vão ser dispensados de pagar o imposto os empregados que recebem até 1.787,77 reais. Atualmente, o imposto não é cobrado de quem ganha até 1.710,78 reais.

A alíquota de 7,5% passa a ser aplicada para quem receber entre 1.787,78 reais e 2.679,29 reais em 2014. Ainda, segundo a nova tabela da Receita, o desconto de 15% válido atualmente para vencimentos de 2.563,92 reais até 3.418,59 reais passa a ser aplicado sobre a faixa salarial de 2.679,30 reais até 3.572,43 reais.

Pela nova tabela, a alíquota de 22,5% passa a valer em 2014 para quem recebe salários entre 3.572,44 e 4.463,81 reais. Já a alíquota máxima, de 27,5%, vai incidir sobre vencimentos superiores a 4.463,81 reais.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade