Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Produção industrial recua 0,2% em novembro, diz IBGE

Apesar da queda mensal, a atividade da indústria registra alta de 1,4% no acumulado entre janeiro e novembro de 2013

Por Da Redação 8 jan 2014, 08h38

A produção industrial brasileira caiu 0,2% em novembro passado frente a outubro, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira. Na comparação com igual mês de 2012 houve expansão de 0,4%. O IBGE divulgou ainda que a produção industrial acumula alta de 1,4% entre janeiro e novembro de 2013.

O dado mensal veio melhor do que o esperado por analistas ouvidos pela Reuters, cuja mediana das expectativas era de recuo de 1,05%. O resultado também ficou melhor do que o previsto em relação a novembro de 2012, de retração de 0,95%.

Leia também:

Confiança da indústria cresce 1,1% em dezembro

Indústria da zona do euro expande em dezembro

De acordo com o IBGE, a retração de 0,2% da atividade industrial em novembro foi acompanhada pela queda na produção de catorze dos 27 ramos pesquisados, com destaque para o setor de veículos automotores, que teve queda de 3,2%, o segundo resultado negativo consecutivo.

O IBGE ainda revisou nesta manhã o desempenho anual da produção industrial de outubro, frente ao mesmo período de 2012, para expansão de 1%, ante 0,9%.

Continua após a publicidade

Cenário – Apesar de o resultado da indústria em novembro ter sido melhor que o esperado, ele ainda é um sinal de fraqueza do setor, que vem mostrando desempenho errático nos últimos meses. Esse fator dificulta a recuperação da economia como um todo.

A expectativa de economistas, segundo a última pesquisa Focus do Banco Central, é de que o Produto Interno Bruto (PIB) tenha crescido 2,28% em 2013, mas deve desacelerar para 1,95% neste ano.

Para dezembro, já há indícios um pouco mais animadores para a atividade industrial. A pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) feita pelo Markit apontou retorno à expansão.

No Boletim Focus, divulgado semanalmente pelo Banco Central, a projeção dos analistas é de expansão da produção industrial de 1,53% em 2013, recuperando-se para 2,20% neste ano.

Leia ainda:

Indústria dos EUA atinge máxima em 11 meses

Pesquisas confirmam desaceleração da indústria chinesa

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)