Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prévia do PIB acelera 0,84% em abril

Tendência é de aceleração para o crescimento no quadrimestre e no indicador de 12 meses

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado um sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), iniciou o segundo trimestre com avanço de 0,84% em abril ante março, de acordo com dados dessazonalizados. O indicador veio em linha com o que esperam analistas ouvidos pela agência Reuters (0,8%). Na comparação com abril do ano passado, a prévia do PIB indicou crescimento mais significativo: de 4,85%, conforme o BC divulgou nesta sexta-feira.

Em 12 meses, o IBC-Br teve alta de 1,66%, acima da alta em março, de 1,20%. O número indica tendência de aceleração do PIB brasileiro neste segundo trimestre. No primeiro quadrimestre do ano, o indicador registrou expansão de 3,43% em relação ao mesmo período de 2012, acima dos 1,05% dos três primeiros meses. O IBC-Br havia acelerado 0,72% em março na comparação com fevereiro e 3,61% na relação com março de 2012.

Para este ano, o mercado financeiro voltou a reduzir a previsão para crescimento da economia brasileira em 2013 e em 2014. Economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) para o relatório semanal Focus estimam alta de 2,53% para o PIB. Depois do decepcionante desempenho da economia no primeiro trimestre, o governo já admitiu que vai revisar suas perspectivas. Entre janeiro e março, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro subiu 0,6% em comparação ao quarto trimestre de 2012, e 1,9% ante o primeiro trimestre de 2012. Para 2014, a perspectiva de PIB caiu de 3,4% para 3,2%.

Leia mais:

Resultado do 1º tri indica: Dilma amargará ‘pibinho’ em 2013

(com agência Reuters)