Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Presidente da Eletrobras deve deixar comando da estatal

Agência Reuters diz que José da Costa Neto já preparou até uma carta de demissão por discordar dos planos do governo Temer para a venda de ativos

O presidente da Eletrobras, José da Costa Neto, pretende deixar o comando da companhia e já preparou uma carta de demissão por discordar dos planos do governo Temer para a venda de ativos da estatal. A afirmação foi feita nesta sexta-feira por uma fonte à agência Reuters.

Segundo ela, Costa Neto, nomeado pela presidente afastada Dilma Rousseff, está “muito incomodado” com os desinvestimentos em discussão, que incluiriam a privatização das subsidiárias Eletrosul e Furnas. “Do jeito que estão querendo fazer ele não concorda e não acha que possa agregar algo para o grupo”, disse a fonte, sob a condição de anonimato.

Na semana passada, o recém-nomeado ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (PSB-PE), disse que há um “convencimento” no novo governo sobre a “desmobilização” de ativos da Eletrobras.

A saída de Costa Neto, no entanto, pode não ser imediata, já que o governo ainda busca um substituto para comandar a estatal. “Ele já tentou entregar a carta de demissão ao ministro, que pediu para ele segurar um pouco até a escolha de um novo nome”, disse a fonte.

A Eletrobras tem sofrido dificuldades financeiras após anos de prejuízos bilionários e em meio a dificuldades para entregar seu balanço auditado dos anos de 2014 e 2015 à SEC, reguladora do mercado de capitais dos Estados Unidos. Com o atraso na entrega dos documentos, a Bolsa de Nova York iniciou um processo de deslistagem da elétrica brasileira, que se prepara para recorrer.

Maior elétrica do Brasil, a Eletrobras atua em geração, transmissão e distribuição de energia e está envolvida em projetos em andamento que vão desde mega hidrelétricas na Amazônia até uma usina nuclear em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. A estatal fechou o primeiro trimestre com prejuízo líquido de 3,89 bilhões de reais. Em 2015, o prejuízo da elétrica somou 14,44 bilhões de reais.

Leia mais:

Justiça americana investiga a Eletrobras

Governo deve fazer capitalização de R$ 4 bilhões na Eletrobras

Ações da Eletrobras são suspensas nos EUA; governo estuda venda de ativos

(Com Reuters)