Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Prejuízo da LLX sobe no 3º trimestre, para R$ 38,5 milhões

Segundo a empresa, as despesas tiveram impacto de 15,4 milhões de reais referente a bônus de retenção pago a executivos e a custos com a OSX, que acaba de pedir recuperação judicial

Por Da Redação 14 nov 2013, 10h54

A empresa de infraestrutura portuária LLX encerrou o terceiro trimestre com prejuízo líquido de 38,5 milhões de reais, ampliando as perdas de 4,9 milhões sofridas em igual período de 2012, informou a companhia na noite de quarta-feira.

Leia também:

BNDES prorroga prazo para LLX pagar empréstimo

Eike renuncia à presidência da LLX

“A principal explicação para o aumento das despesas administrativas entre o 3T13 e o mesmo período do ano anterior foi o impacto de 15,4 milhões de reais referente a bônus de retenção pago a certos executivos, considerados estratégicos para o desenvolvimento dos negócios no médio e longo prazo”, informou a LLX.

Continua após a publicidade

A empresa ressaltou também que, com o pedido de recuperação judicial da empresa de construção naval OSX, a parcela a receber referente ao seu aluguel de área, em 7,45 milhões de reais, além de outra parcela referente à despesa de compartilhamento de custos de sustentabilidade, em 1,58 milhões de reais, foi contabilizada como despesa com vendas e serviços.

Leia ainda:

Após aumento de capital da LLX, EIG investirá R$ 1,3 bilhão na empresa

A LLX pertencia ao grupo EBX, de Eike Batista, mas teve o controle transferido para o grupo norte-americano EIG em outubro, em meio às dificuldades financeiras do grupo do empresário.

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade