Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preços ao produtor dos EUA ficam estáveis em julho

Combustíveis puxaram para baixo o indicador de inflação. Fed pode entender resultado como um sinal de que a economia ainda não se recuperou totalmente

Os preços ao produtor nos Estados Unidos ficaram estáveis em julho, sinalizando que a inflação não deve acelerar tão cedo. O banco central americano (Federal Reserve, Fed) pode entender que, com os preços baixos, a economia não está plenamente recuperada, uma vez que o consumo não estaria tão aquecido a ponto de pressionar a inflação. Esse entendimento pode influenciar na decisão do Fed de começar a retirar ou não os estímulos econômicos já em setembro.

Leia mais:

Dólar sobe com dados do varejo dos EUA e bate R$ 2,30

Fed pode começar a reduzir estímulos em setembro, diz Lockhart

O Departamento do Trabalho informou nesta quarta-feira que uma queda nos custos de gás natural e gasolina seguraram o índice de preços ao produtor ajustado sazonalmente. Analistas consultados pela Reuters esperavam aumento de 0,3% no indicador.

Contudo, foi a fraqueza no índice que exclui os componentes voláteis (energia e alimentos) que deverá chamar mais a atenção do Fed. O chamado “núcleo” dos preços subiu 0,1%o no mês, abaixo do aumento de 0,2% esperado por analistas.

O indicador mede os preços de produtos “na porta de fábrica”, sem considerar impostos e fretes.

(com agência Reuters)