Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petróleo Texas fecha em baixa de 0,98%

Nova York, 12 mar (EFE).- O preço do barril do petróleo do Texas desta segunda-feira fechou em baixa de 0,98%, a US$ 106,34, após a divulgação de que a China, o maior consumidor mundial ao lado dos Estados Unidos, registrou em fevereiro o maior déficit comercial em uma década.

No fim da primeira sessão da semana na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos de futuros do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) para entrega em abril, os primeiros a vencer, diminuíram US$ 1,06 na comparação com o fechamento de sexta-feira.

O petróleo de referência para os Estados Unidos interrompeu assim uma sequência de três dias consecutivos de altas em um dia em que a cotação foi pressionada para cima pelo dado do déficit comercial chinês, que se situou em fevereiro em US$ 31,4 bilhões.

O número é o maior em uma década e aumenta as dúvidas sobre a saúde da economia mundial, pois a China é um país eminentemente exportador e o mau momento dos mercados aos quais habitualmente vende seus produtos poderia reduzir a demanda de petróleo das empresas chinesas.

Os contratos de gasolina com vencimento em abril recuaram US$ 0,01, para US$ 3,32 por galão (3,78 litros).

Por sua vez, os pedidos de gasóleo para calefação também para entrega nesse mês perderam US$ 0,02, fechando em US$ 3,24 por galão.

Os contratos de gás natural com vencimento em abril diminuíram US$ 0,06 e fecharam em US$ 2,26 para cada mil pés cúbicos. EFE