Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Orçamento deve ter novo corte de R$ 2,5 bilhões, diz Bolsonaro

Presidente afirmou que valor do bloqueio é 'uma merreca' e vai atingir apenas uma pasta, para 'matar um ministério só'; anúncio deve sair na segunda-feira

O Orçamento deste ano deve sofrer um novo corte, segundo o presidente Jair Bolsonaro. O contingenciamento deve alcançar 2,5 bilhões de reais e será anunciado na segunda-feira 22, quando será divulgado o relatório bimestral de receitas e despesas.

“Queremos evitar que o governo pare, dado que o nosso Orçamento é completamente comprometido. Deve ter um novo corte agora. O que deve acontecer é um novo corte de 2,5 bilhões de reais. Uma merreca. Concorda que é uma merreca perto de um orçamento trilionário nosso? É pouca coisa”, disse o presidente a jornalistas.

Ainda segundo Bolsonaro, a equipe econômica avalia cortar o Orçamento de um único ministério, e não de vários. “Ao invés de cortar de seis ou sete ministérios, e todo mundo morrer praticamente, vamos matar um ministério só”, justificou.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, havia informado na quinta-feira 18, que um novo corte no Orçamento não estava previsto. Contudo, ele fez uma ressalva de que a equipe econômica do governo ainda estava avaliando a questão.

Um contingenciamento de 30 bilhões de reais foi sido anunciado em março com o objetivo de assegurar o cumprimento da meta de déficit primário deste ano, estipulada em 139 bilhões de reais para o governo central (Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência).

Em maio, o governo optou por queimar boa parte da sua reserva de emergência, diminuindo-a de 5,373 bilhões de reais para 1,562 bilhão de reais, para não recorrer novamente ao expediente de congelamento de gastos, em meio à forte restrição já experimentada pelas pastas na Esplanada.

(Com Reuters)