Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Opep diz que está tentando baixar preços do petróleo

Por Gus Trompiz e Peg Mackey

PARIS, 3 Mai (Reuters) – A Opep está trabalhando para rebaixar os preços do petróleo, que subiram em direção a 130 dólares o barril no início deste ano, disse o secretário-geral da organização nesta quinta-feira.

Ele disse ainda que a produção dos países da organização está bem acima da sua meta oficial, mesmo com a diminuição das exportações do Irã, membro da Opep.

O petróleo Brent subiu em março a 128 dólares o barril, maior valor desde 2008, enquanto aumentavam as preocupações sobre a redução da oferta de petróleo iraniano, devido ao aperto das sanções do ocidente.

Os preços recuaram desde então e o petróleo tipo Brent é negociado abaixo de 117 dólares nesta quinta-feira.

“Nós não estamos felizes com os preços a este nível pois haverá destruição no que se refere à demanda”, disse o secretário-geral da Opep, Abdullah al-Badri, em conferência de energia.

“Estamos trabalhando duro para rebaixar os preços. Não estamos confortáveis.”

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo, com 12 membros, tem bombeado 32,3 milhões de barris por dia (bpd), disse ele, citando dados fornecidos pelos países-membros.

Isso é 2,3 milhões de bpd superior à meta de Opep, de 30 milhões de bpd, e também acima da estimativa feita pela Reuters para a produção em abril, publicada esta semana.

Badri identificou novamente 100 dólares como um preço confortável –um nível endossado pela Arábia Saudita, grande produtor da Opep em janeiro– e disse que o preço estava subindo por conta de especuladores.

“Não houve escassez de petróleo no mercado. Produtores têm sido capazes de atender às necessidades dos consumidores”, disse ele. “Nós também vemos este como sendo o caso para o resto de 2012 e no futuro previsível.”

“Hoje, o preço continua a ser impulsionado pela especulação excessiva”, disse Badri.

(Reportagem adicional de Caroline Jacobs)