Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

O sistema viário não vai comportar tantos carros

Transformado em vilão das metrópoles e cobiçado por uma legião de novos consumidores, o carro chegou a uma encruzilhada

Por Mariana Barros 5 abr 2014, 01h00

A conclusão é inevitável como um congestionamento na volta de um feriado: se tudo continuar como está, vai faltar asfalto para tanto carro. A cada minuto, 152 novos automóveis deixam as fábricas do mundo para ganhar as ruas. Em seis anos, serão 203. No Brasil, entre 2002 e 2012, o ritmo do aumento da frota foi de seis vezes a taxa de crescimento da população urbana – enquanto o número de habitantes das cidades cresceu 14%, a quantidade de automóveis aumentou 85%. “A era dos megacongestionamentos chegará ao seu momento mais agudo em poucos anos”, diz o urbanista americano Michael Kodransky. Até o início do século passado um luxo para deleite exclusivo dos muito ricos, o carro entrou na esteira da produção em série e saiu de lá transformado no sonho – possível – das multidões. Agora, chega ao século XXI como o bode expiatório das metrópoles – culpado não só pelo tormento dos engarrafamentos, mas pela poluição do ar, pela poluição sonora, pelo aquecimento global e até pela obesidade das populações. De herói, virou vilão. Conseguirá escapar dessa encruzilhada?

Para ler a continuação dessa reportagem compre a edição desta semana de VEJA no IBA, no tablet, no iPhone ou nas bancas.

Outros destaques de VEJA desta semana

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)