Clique e assine a partir de 9,90/mês

Temer volta a defender reformas da Previdência e tributária

No vídeo, ele menciona a necessidade de o país promover avanços nas áreas tributária e da Previdência

Por Da redação - Atualizado em 17 jul 2017, 19h32 - Publicado em 17 jul 2017, 19h24

O presidente Michel Temer publicou hoje um vídeo nas redes sociais para comemorar a aprovação da reforma trabalhista. O texto aprovado na semana passada no Congresso entra em vigor em 120 dias.

“A maior prova [de avanços] é aprovação da reforma trabalhista. A modernização trabalhista agora é lei. Nem os mais otimistas acreditam que era possível recuperar o tempo perdido tão rapidamente. A nova lei coloca o Brasil no século 21 das relações trabalhistas”, diz ele.

Segundo Temer, a nova lei proporcionará a geração de empregos. “Muito ainda vai se falar dessa legislação e da criação de novos empregos, que permitirá que milhões que vivem na informalidade terão suas carteiras assinadas.”

Ele também festejou os dados de emprego formal divulgados hoje pelo Ministério do Trabalho. O Brasil abriu 9.821 vagas formais de emprego em junho. Foram 1.181.930 admissões e 1.172.109 demissões. “Pelo terceiro mês o país teve crescimento positivo de emprego.”

O presidente também emendou o relato de uma série de conquistas econômicas em seu vídeo, como safra recorde de grãos e redução da inflação. “Estamos mudando o Brasil para melhor. […] Tenho muito orgulho de dizer que vencemos a maior recessão da nossa história.”

Continua após a publicidade

Ele defende a reforma da Previdência e  diz que “governo, parlamento e sociedade brasileira têm ainda um desafio maior: salvar as nossas futuras gerações” o que, segundo ele, significa “salvar a Previdência Social”.

O presidente também promete uma reforma tributária. “A revolução que fizemos na relação entre patrão e empregado faremos também ao simplificar nosso sistema tributário. Esse será outro ponto que levaremos adiante em brevíssimo tempo.”

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade