Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ministro alemão pede que UE crie suas próprias agências de classificação

Por Da Redação 15 jan 2012, 19h00

Atenas, 15 jan (EFE).- O ministro alemão das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, pediu neste domingo em Atenas que a União Europeia (UE) crie suas próprias agências de classificação de risco, depois que a americana Standard and Poor’s (S&P) rebaixou as notas de nove países da zona do euro.

‘É hora da Europa criar suas próprias agências de classificação’, disse à imprensa após encontro com o chanceler grego, Stavros Dimas

Westerwelle afirmou que ‘é do interesse de todos’ reforçar a ‘unidade’ dentro da UE e o ‘controle’ sobre as economias que se desviem dos objetivos traçados.

O chefe da diplomacia alemã ofereceu seu apoio à Grécia e reconheceu os ‘esforços’ que o povo grego está fazendo. No entanto, Westerwelle pediu que o governo continue realizando as medidas de ajuste fiscal no país.

Dimas, por sua parte, disse aos jornalistas que a Grécia precisa de mais tempo e ajuda da Europa para que as reformas comecem a dar frutos.

Dentro de alguns dias, representantes da ‘troika’, composta pelo Fundo Monetário Internacional, a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu, irão para Atenas para avaliar o progresso das medidas econômicas prometidas pelo governo de coalizão após a última visita realizada pelo grupo, em novembro do ano passado. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade