Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Merkel prepara-se para semana de difíceis negociações sobre a Grécia

Após seus encontros com Hollande, na quinta-feira, e com Samaras, na sexta, Alemanha falará sobre sua posição de nova ajuda à Grécia

Por Da Redação 20 ago 2012, 10h25

Opinião pública na Alemanha, que se reflete nos editoriais e em charges dos principais jornais, se posiciona majoritariamente contra novas ajudas à Grécia.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, prepara-se para uma semana considerada chave para o futuro do euro, na qual se reunirá com o presidente da França, François Hollande, e com o primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, para discutir a situação do bloco.

Nesta segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores alemão, Guido Westerwelle, recebe o chanceler grego, Dimitris Avramopoulos, para preparar a visita de Samaras à Berlim. A situação da Grécia continua dramática.

Segundo informações da revista alemã Der Spiegel, as necessidades orçamentárias gregas para os próximos dois anos giram em torno de 2,5 bilhões de euros acima do orçado inicialmente projetado para o período (11,5 bilhões de euros).

Ou seja, a Grécia precisaria de 14 bilhões de euros para melhorar sua situação financeira. Com isso, começam os rumores de que a Grécia vai receber o terceiro pacote de ajuda da União Europeia (UE), algo que o governo alemão já se mostrou contrário.

Nesta segunda-feira, a Grécia disse que vai pagar “sem problemas” a dívida de 3,2 bilhões de euros que mantém com o Banco Central Europeu (BCE). afastando o risco imediato de default (falência), informaram fontes do ministério das Finanças.

Leia mais:

Grécia afirma que pagará € 3,2 bilhões ao BCE

Por que o mundo teme a saída da Grécia do euro

Continua após a publicidade

Opinião Pública – Ainda que Merkel, após seus encontros com Hollande, na quinta-feira, e com Samaras, na sexta, mostre disposição em ceder quanto à terceira rodada de resgate ao país em dificuldade, é difícil que seja encontrada uma maioria em sua própria base parlamentar para uma nova ajuda.

A opinião pública na Alemanha – que se reflete nos editoriais e em charges dos principais jornais – posiciona-se majoritariamente contra novas ajudas ao país. “Não mais dinheiro para a Grécia”, diz nesta segunda-feira o título de um artigo publicado no jornal Bild, por exemplo, o mais lido do país, seguindo a mesma linha dos últimos meses.

O governo da Alemanha tentou minimizar as expectativas que antecedem as reuniões com a França e a Grécia no fim desta semana. “Não se espera que haja uma grande mudança ou grandes decisões”, afirmou Steffen Seibert, porta-voz do governo alemão.

Leia ainda: Grécia quer prazo extra para cortar gastos públicos

Grécia terá de sair da zona do euro, prevê vice do Bird

Alemanha diz que não haverá outro programa de resgate à Grécia

Ajuda – As reuniões acontecerão enquanto uma comissão da troika – União Europeia (UE), Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI) – prepara seu relatório para avaliar se a Grécia está cumprindo as obrigações determinadas pelo memorando de entendimento que ofereceu ao país um resgate de 173 bilhões de euros (213,4 bilhões de dólares). A aprovação da troika é necessária para que o país receba a próxima parcela da ajuda.

O governo grego vem pedindo uma extensão do prazo para cumprir suas obrigações de reduzir a dívida e reformar a economia local. No entanto, Seibert, reiterando a posição alemã, não quis comentar as especulações de que a Grécia terá mais tempo para isso e disse que a base para nossa cooperação é o memorando de entendimento.

Enquanto isso, na Alemanha se discute abertamente uma possível saída da Grécia do euro, o que despertou reações do presidente do Eurogrupo e primeiro-ministro de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, e do comissário europeu Günther Öttinger, que rejeitam essa opção.

(com Agência Estado e EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês