Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Mercados asiáticos sobem à espera de ações para crise do euro

Por Da Redação 5 jun 2012, 08h19

TÓQUIO, 5 Jun (Reuters) – As bolsas de valores asiáticas e o euro recuperaram-se nesta terça-feira, com as ações pouco acima das mínimas de 2012, enquanto os investidores esperam que os formuladores europeus de políticas monetárias e o G7 adotem ações decisivas para abordar a cada vez pior crise da zona do euro.

Ministros das Finanças do grupo das sete potências industrializadas, conhecido como G7, terão uma reunião de emergência por telefone na noite desta terça-feira, mostrando o seu grande alarme com a pressão sobre as 17 nações do bloco do euro.

A medida fez com que os operadores diminuíssem suas grandes apostas contra o euro, que subiu 0,2 por cento para 1,2526 dólar, acima da mínima da semana passada de 1,2288 dólar, o menor valor em dois anos.

Investidores ficaram menos pessimistas e buscaram por barganhas em ações desvalorizadas, antes de dois grandes eventos nesta semana: a decisão de políticas do Banco Central Europeu (BCE), na quarta-feira, e o depoimento no congresso do chairman do Federal Reserve norte-americano, Ben Bernanke, na quinta-feira.

Às 8h12 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,9 por cento, rompendo uma série de quatro dias de perdas.

“Investidores estão colocando suas esperanças nas reuniões do G7 e do BCE e tomaram um pouco de coragem também dos sinais de uma mudança da política alemã”, afirmou o analista da Daishin Securities, Ham Sung-sik, em Seul.

A média de ações Nikkei, do Japão, subiu 1,04 e o índice mais amplo de Tóquio Topix deu um salto de 1,83 por cento, após atingir o nível mais baixo em 28 anos na segunda-feira.

A bolsa de Cingapura subiu 0,50 por cento, a 2.712 pontos, assim como Taiwan, com alta de 1,53 por cento, e Hong Kong que cresceu 0,4 por cento. O índice referencial de Xangai teve variação positiva de 0,15 por cento e Sidney avançou 1,47 por cento.

(Reportagem de Chikako Mogi; Reportagem adicional de Hideyuki Sano em Tóquio, Sonali Paul, em Melbourne, Joonhee Yu, em Seul, e Rujun Shen em Cingapura)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês