Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mercado prevê recessão maior em 2015 e 2016

Segundo boletim Focus, projeção para o PIB deste ano é de queda de 2,06% e de 0,24% para o próximo ano

O mercado voltou a elevar a estimativa de queda na atividade econômica do país para este e o próximo ano. Segundo projeções do boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira, o Produto Interno Bruto (PIB) deve recuar 2,06% em 2015 e 0,24% em 2016 – na semana passada, a previsão era de perdas de 2,01% e 0,15%, respectivamente.

Apesar da piora no desempenho da economia, o mercado diminuiu a projeção para a inflação neste ano, de 9,32% para 9,29% – é a primeira vez que isso acontece após dezessete semanas de altas consecutivas. Mesmo assim, o índice está no maior nível desde 2002. Ou seja, se esta estimativa se confirmar até o fim do ano, 2015 terá a maior inflação dos últimos treze anos.

Para 2016, a previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) piorou: subiu de 5,44% para 5,50%, o terceiro reajuste seguido.

Já a estimativa da taxa básica de juros (a Selic) foi mantida em 14,25%, o maior patamar desde 2006 e em linha com o último aumento efetuado pelo Banco Central. Para o próximo ano, no entanto, a projeção foi revista para cima, de 11,88% para 12%.

Com a deterioração nos indicadores do próximo ano, os analistas de mercado já preveem que a retomada do crescimento econômico não acontecerá tão cedo como o governo esperava.

O boletim Focus é produzido com estimativas de mais de cem instituições financeiras e divulgado pelo Banco Central todas as segundas.

Leia também:

Prévia da inflação atinge o maior nível para agosto desde 2004

Inflação acumulada deve chegar ao pico neste trimestre, diz Tombini

Mercado prevê maior inflação para este ano desde 2002

(Da redação)