Clique e assine a partir de 8,90/mês

Maia diz que ainda não há acordo sobre estados e municípios na reforma

Para o presidente da Câmara, é necessário reunir ainda todos os partidos que são a favor da reforma para dialogar

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 26 jun 2019, 19h18 - Publicado em 26 jun 2019, 18h31

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na tarde desta quarta-feira, 26, que o acordo entre deputados e governadores para reincluir estados e municípios na reforma da Previdência não deve sair nesta quarta, como ele havia indicado pela manhã.

“Estamos conversando, ainda tem muito diálogo. Não acho que seja fácil sair (acordo) hoje (quarta) não”, disse. De acordo com Maia, uma reunião com os líderes partidários e com o relator da proposta na comissão especial, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve ser marcada para esta noite de quarta ou para a manhã desta quinta para acertar pontos que ainda não têm consenso. “A gente precisa reunir ainda todos os partidos que são a favor da reforma para dialogar”, disse.

A leitura do voto complementar de Moreira está marcada para acontecer na comissão especial às 9h desta quinta. Questionado sobre se um acordo sobre os entes federativos poderia sair até este horário, Maia respondeu apenas que a sessão do colegiado pode começar mais tarde.

Maia almoçou com líderes partidários nesta quarta, mas, de acordo com ele, os parlamentares não chegaram a tratar de forma conclusiva das questões envolvendo o relatório porque todas as lideranças ainda precisam ser ouvidas.

Continua após a publicidade
Publicidade