Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Juros para consumidores e empresas caem em janeiro

Taxas médias caíram pelo décimo quarto mês seguido, influenciada pelo corte na Selic; é o menor nível médio desde setembro de 2015

Os juros das operações de crédito voltaram a cair em janeiro, segundo cálculo da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac). A queda nas taxas é a décima quarta consecutiva. Foram pesquisadas seis modalidades de empréstimos para pessoas físicas, e três para pessoa jurídica. Em todas elas houve redução (veja tabela abaixo).

Para os consumidores, a média anual caiu 1,05 ponto porcentual, passando de 133,70% para 132,65%. É a menor taxa média de juros ao consumidor desde setembro de 2015, segundo o cálculo da Anefac. A linha de crédito que teve maior variação (1%) foi a de financiamento de automóveis, que passou a 26,8% ao ano. A taxa mais cara, a de cartão de crédito, caiu 0,31%, para 319,4%.

Para as empresas, os juros médios baixaram 0,56 ponto porcentual no ano, indo de 63,27% para 62,71%. O nível médio de juros também é o menor desde setembro de 2015.

A avaliação da Anefac é de que as reduções ocorreram por causa do corte na  a Selic. Há duas semanas, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, reduziu a taxa básica de juros de 7% para 6,75%, o menor patamar da história.

Linha de crédito Dezembro (anual) Janeiro (anual)
Juros do Comércio 89,04% 87,97%
Cartão de Crédito 321,63% 319,84%
Cheque Especial 295,48% 294,64%
CDC Bancos –
Financiamento Veículos
26,97% 26,68%
Empréstimo Pessoal
Bancos
62,52% 61,96%
Empréstimo Pessoal
Financeira
137,91% 136,59%