Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Nível de atividade da indústria no ano deve ser o pior desde 2001

Índice que mede a ociosidade das fábricas se aproxima de seu pior nível em 15 anos, segundo a FGV

Por Da redação
22 dez 2016, 08h16

A capacidade ociosa do parque fabril nacional pode encerrar o ano no maior nível desde 2001. Conforme a prévia de dezembro da Sondagem da Indústria, divulgada nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) da indústria recuou para 72,8% na prévia de dezembro, 1,2 ponto porcentual abaixo do resultado final do mês anterior, quando estava em 74%. A pesquisa completa será divulgada na próxima segunda-feira.

“O Nuci fica parado no mínimo porque a situação está muito ruim e a indústria não vê sinal de melhora. O que tem de alta de produção são casos pontuais”, disse a coordenadora da Sondagem da Indústria da FGV, Tabi Thuler Santos.

O Nuci já havia atingido a mínima histórica em fevereiro, com 73,6%. De lá para cá, o indicador oscilou em torno das mínimas. Enquanto isso, o Índice de Confiança da Indústria (ICI), que encerrou nas mínimas no segundo semestre de 2015, começou a se recuperar ao longo deste ano. Houve um salto após a troca de governo, em maio, mas a prévia apontou para uma queda de 2,9 pontos na passagem de novembro para dezembro, para 84,1 pontos.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.