Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Greve leva ao cancelamento de viagens de ônibus em SP

Partidas de ônibus nos terminais rodoviários do Tietê, Jabaquara e Barra Funda foram reduzidas até 48% nesta sexta-feira

Por Redação Atualizado em 25 Maio 2018, 13h39 - Publicado em 25 Maio 2018, 13h09

A paralisação dos caminhoneiros contra o aumento no preço do diesel está causando impacto também nas viagens rodoviárias. Na manhã desta sexta-feira, 25, o Terminal Rodoviário Tietê registrou redução de 20% no número de partidas de ônibus. No Terminal Rodoviário Barra Funda, o porcentual caiu 40% e no Jabaquara houve redução de 48% nas partidas.

No setor aéreo, Gol, Azul e Latam também anunciaram o cancelamento de voos que sairiam nesta sexta-feira por falta de querosene de aviação. Os cancelamentos atingem, principalmente, voos com destinos para aeroportos com problema de abastecimento, como Brasília, Confins, Goiânia, Maceió e Uberlândia.

A greve dos caminhoneiros chega ao quinto dia com falta de combustível em quase todos as cidades do país e também está levando ao desabastecimento de alimentos, com alta nos preços de alguns produtos e falta de outros nas prateleiras dos supermercados.

  • Na noite de quinta-feira, o governo anunciou um acordo de trégua por 15 dias. No entanto, os caminhoneiros não aceitaram a proposta e seguem em greve em todo o país. Na manhã desta sexta-feira, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) realiza uma reunião, no Palácio do Planalto, com diversos ministros para avaliar o quadro real de paralisação de caminhoneiros no país. 

    Na negociação, o governo propôs ampliar o desconto de 10% no preço do diesel de 15 para 30 dias e assegura periodicidade mínima de 30 dias para eventuais reajustes do combustível nas refinarias.

    Continua após a publicidade
    Publicidade