Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Gol terá Wi-Fi em todas as aeronaves — mas só a partir de 2016

Primeira aeronave equipada voará a partir do primeiro semestre de 2016. Objetivo da companhia é atender demanda de passageiros e elevar receitas

Por Da Redação 15 jun 2015, 15h50

A companhia aérea Gol lançará para todos os voos nacionais e internacionais um sistema de Wi-Fi a bordo com conexão via satélite, informou a companhia aérea nesta segunda-feira. A previsão é ter a instalação em toda a frota até o fim de 2018 e a primeira aeronave equipada no primeiro semestre de 2016. A investida vem como resposta à exigência de passageiros, que apontavam a falta de entretenimento nos voos da empresa como um item a ser melhorado.

O passageiro terá disponível uma combinação de conteúdo gratuito e pago que também inclui um sistema de entretenimento a bordo com televisão ao vivo gratuita, filmes, jogos, etc, que poderá ser acessado por dispositivos móveis como celulares, tablets ou notebooks. “Precisamos de um patamar conservador de uso da plataforma paga para atingir o custo de ‘break even’ (equilíbrio de custos e despesas). Acima disso, traz um potencial interessante de receitas auxiliares”, disse Paulo Kakinoff, presidente da Gol.

Para o passageiro, o preço não deve ficar longe da média mundial para uso em mercados domésticos de entre 10 e 20 dólares para passageiros esporádicos e entre 3 e 5 dólares para os passageiros mais frequentes, disse Kakinoff. O executivo não informou qual é o custo de instalação do sistema.

Leia mais:

Greve na Argentina faz Gol e TAM cancelarem 15 voos

Continua após a publicidade

Alta do dólar eleva prejuízo da Gol para R$ 1,1 bilhão em 2014

Prejuízo da Gol cresce 600% no 1º trimestre

O serviço é fruto de parceria não exclusiva com a empresa de conectividade em aeronaves Gogo. Segundo Kakinoff, a companhia aérea vai entrar agora em fase de aprovação regulatória, e acredita que não terá dificuldades, já que aeronaves internacionais já voam para o Brasil com Wi-Fi a bordo.

A Gol disse que, com isso, será a primeira aérea brasileira, da América do Sul e Central a oferecer acesso Wi-Fi à Internet durante o período de voo, com conexão via satélite. A rival TAM, do Grupo Latam Airlines, não possui serviço similar.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade