Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Geração de emprego formal tem melhor agosto em cinco anos

A geração líquida de 110.000 postos de trabalho representa um forte avanço ante julho, que registrou uma criação de 52.000 empregos formais

O Brasil registrou a geração líquida de 110.431 novos postos de trabalho em agosto, segundo o Ministério do Trabalho (MTE). De acordo com a publicação do MTE, a geração de emprego formal é a maior desde abril deste ano. Para o mês de agosto, é a maior desde 2013.

O número representa um forte avanço em relação a julho, que registrou uma criação de 52.311 empregos formais.

A notícia agradou ao Planalto e foi antecipada em parte na noite de quinta-feira 20 pelo presidente Michel Temer. “Isto é prova que o Brasil está no rumo certo. Em plena recuperação”, disse em uma rede social.

Os setores que puxaram a geração de emprego formal em agosto foram o de Serviços, com registro positivo de 66.256 novas vagas, o Comércio, com 17.859 empregos, e a Indústria de Transformação, com 15.764 postos. Em contrapartida, o setor de agropecuária registrou fechamento líquido de 3.349 vagas.

No ano, foram abertos 568.551 novos postos de trabalho.  O setor de serviços também lidera como o que mais puxa a geração de emprego formal, com 369.167 novas vagas. A indústria de transformação, com 97.534 novos empregos, é a segunda colocada. Ao contrário do que aconteceu em agosto, o comércio é o único setor que apresenta números negativos no ano. Em 2018, até agosto, o setor fechou 75.030 postos de trabalho.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Aurélio

    A economia tem uma dinâmica própria. O pmdb é só uma pedra no caminho.

    Curtir