Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fiat Chrysler é investigada nos EUA por supostas vendas infladas

A denúncia de que a montadora ítalo-americana manipula dados mensais de vendas partiu de uma concessionária de veículos do Estado de Illinois

Autoridades nos Estados Unidos iniciaram uma investigação para apurar se a Fiat Chrysler estaria inflando números de vendas. Em reação à notícia, as ações da empresa tinham queda de mais de 3% na Bolsa de Milão por volta das 5h20 (de Brasília).

A denúncia de que a montadora ítalo-americana manipula dados mensais de vendas partiu de uma concessionária de veículos do Estado de Illinois, segundo fontes com conhecimento do assunto. Em janeiro, a concessionária abriu processo contra a Fiat Chrysler, alegando que a empresa compensa financeiramente varejistas que falsificam números de vendas. Em março, a montadora classificou o processo como “sem fundamento”.

Leia também:
Mercado elabora cenários pós-impeachment
Ações da Petrobras têm seu maior valor em um ano e animam Bovespa

A investigação contra a Fiat Chrysler está sendo conduzida pelo Departamento de Justiça dos EUA e pela Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários do país).

Nesta segunda-feira, a Fiat afirmou que está colaborando com a investigação e ressaltou que seus resultados financeiros anuais e trimestrais são atrelados a entregas de veículos para concessionárias, e não a vendas para consumidores finais.

(Com Estadão Conteúdo)