Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ações da Petrobras têm seu maior valor em um ano e animam Bovespa

Avaliações de mercado positivas para a estatal puxaram alta de até 4,8% de seus papéis; Bovespa subiu 1,63%

Por Da redação - Atualizado em 18 jul 2016, 18h52 - Publicado em 18 jul 2016, 18h33

A Bovespa fechou em alta de 1,63% nesta segunda-feira, aos 56.484 pontos, ajudada pela forte valorização das ações da Petrobras e pelo tom positivo em Wall Street. Esse foi o nono avanço consecutivo do Ibovespa, o principal indicador da Bolsa brasileira.

As ações preferenciais (sem direito a voto) da Petrobras subiram 4,81%, a 11,55 reais, seu maior valor desde 16 de julho de 2015. As ordinárias, por sua vez, avançaram 3,33%. Analistas do banco UBS retomaram a cobertura das ações com recomendação de “compra” e preço-alvo de 18,20 reais para as PNs e de 17,80 reais para as ONs.

Os papéis da estatal têm encontrado suporte em perspectivas mais favoráveis para a companhia. Outros analistas também melhoraram recentemente a recomendação para as ações da empresa diante da mudança na gestão e do fortalecimento do dólar em relação ao real, entre outros fatores.

A série de nove altas do Ibovespa, com ganho acumulado de 8,95%, iguala-se à sequência positiva registrada em outubro de 2015. A última vez que o Ibovespa teve mais altas consecutivas foi entre julho e agosto de 2010, com onze sessões seguidas no azul.

Leia também:
Mercado reduz previsão de queda do PIB e da inflação

No exterior, as commodities começaram a semana em queda, mas, em Nova York, o índice S&P 500 subiu 0,24%, renovando máxima recorde, apoiado em resultados corporativos e aquisição no setor de tecnologia.

Dólar – O dólar fechou em leve queda nesta segunda-feira, acompanhando os mercados externos. A avaliação geral foi de que os impactos da tentativa fracassada de golpe na Turquia sobre os mercados emergentes devem ser limitados. A moeda americana recuou 0,08%, a 3,25 reais.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade