Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fed mantém taxa de juros, mas sinaliza alta na próxima reunião

Relatório do comitê americano aponta melhora na economia do país, o que deve permitir a elevação dos juros

Por Da Redação 29 jul 2015, 16h21

O Federal Reserve (Fed, o banco central americano) decidiu nesta quarta-feira manter os juros nos Estados Unidos entre 0% e 0,25%, o mesmo patamar da última reunião, e ofereceu uma visão otimista sobre economia do país, o que significa que o esperado aumento das taxas pode ocorrer na próxima reunião da instituição, em setembro.

“O mercado de trabalho continuou a apresentar melhora, com sólida criação de empregos e desemprego em baixa”, diz o comunicado do Comitê Federal de Mercado Aberto divulgado ao término da reunião de dois dias para analisar a política monetária dos EUA.

A taxa de desemprego no país fechou o mês de junho em 5,3%, a mais baixa desde 2008. Além disso, o banco central americano apontou que a economia mantém seu crescimento em um ritmo “moderado”, embora reconheça que a inflação, que em junho registrou 0,1% no período dos 12 últimos meses, ainda segue abaixo da meta de 2% a médio prazo.

A decisão de de manter os juros foi tomada de forma unânime por todos os membros do Conselho de Governadores do banco central, presidido por Janet Yellen.

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade