Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ex-diretora da Vale assumirá cargo no FMI

Carla Grasso foi indicada por Christine Lagarde para ser vice-diretora-gerente e diretora administrativa da instituição

Por Da Redação - 15 jan 2015, 15h11

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, indicou na quarta-feira a brasileira Carla Grasso para ser vice-diretora-gerente e ocupar o novo cargo de diretora administrativa no Fundo. Com a função, Carla passará a coordenar os setores de recursos humanos, tecnologia, serviços gerais e auditoria interna, além de supervisionar o orçamento da instituição. “Carla traz consigo uma liderança excepcional, um pensamento estratégico e uma forte experiência de gerenciamento operacional para o seu novo cargo”, afirmou Lagarde ao anunciar a indicação.

Carla, que assumirá suas funções no dia 2 de fevereiro, será a número três na hierarquia do FMI. Lagarde é a número um, seguida pelo primeiro diretor-gerente adjunto David Lipton. Ela afirmou que vai trabalhar para “fortalecer ainda mais o FMI, em um momento em que a instituição deve responder às necessidades de uma economia mundial em rápida transformação e às de todos os seus países membros”. “Estou muito ansiosa em poder trabalhar com meus novos colegas de direção, bem como com o talentoso pessoal do fundo.”

Leia também:

Mundo cresce mais com queda do petróleo, aponta FMI

Meta de crescimento é insuficiente para criar empregos no G20, diz Lagarde

​Mantega cobra mais poder para emergentes no FMI

Histórico profissional – Carla possui experiência tanto no setor público quanto no setor privado. Trabalhou na Vale por 14 anos, tendo ocupado a posição de vice-presidente para Recursos Humanos entre 2001 e 2011. Neste período, ajudou a modernizar as operações da mineradora em 38 países, integrando diversos setores.

No setor público, assumiu funções nos ministérios da Previdência Social, Fazenda e Planejamento, além de trabalhar para o gabinete da Presidência. Também foi consultora do Banco Mundial, em que ganhou experiência trabalhando em países de baixa renda. Carla possui mestrado em Política Econômica pela Universidade de Brasília e ministra aulas na Pontifícia Universidade Católica de Brasília, no Centro Universitário do Distrito Federal e no Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), em São Paulo.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade